quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

MP instaurou procedimento para investigar denúncias contra prefeito e vereadores

Denuncia contra prefeito Marquinhos e vereadores será apurada pelo MP
A Promotoria de Justiça de Juruti, por meio do promotor de justiça Bezaliel Castro Alvarenga, instaurou nesta terça-feira (24) Procedimento Preparatório Preliminar, para investigar denúncias trazidas ao Ministério Público por entidades da sociedade civil e por cidadãos jurutienses, relacionadas ao suposto esquema de corrupção instaurado no município, liderada pelo prefeito municipal, conhecido como o “mensalinho de Juruti”.
Consta na denúncia um áudio (CD) de uma reunião entre o prefeito e alguns vereadores, no qual se evidencia o suposto acerto de propina paga pelo prefeito aos vereadores em troca de apoio político, além de liberação de combustível e passagens.
Inicialmente, como providências preliminares, foram requisitados documentos à prefeitura e Câmara de Vereadores, e o CD encaminhado ao Centro de Perícias Renato Chaves, para que proceda a perícia do material. Foi requisitado também a instauração de Inquérito Policial para apurar a parte criminal. O prazo para conclusão do procedimento é de noventa dias, conforme estabelece a Resolução nº 23/07 do CNMP.
De acordo com o promotor de justiça, o fato é grave e exige uma intervenção do Ministério Público, em defesa da moralidade administrativa, sendo por esta razão instaurado o procedimento investigatório. Caso sejam confirmadas as denúncias, ao final será proposta a Ação judicial competente.
Texto: Lila Bemerguy, de Santarém, com informações da PJ de Juruti

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Vendedor de lanches é preso por Guardas Municipais e revolta moradores de Altamira

Ambulante presoA detenção de um vendedor ambulante em Altamira, no sudoeste do Pará, causou comoção na cidade e nas redes sociais nesta terça-feira, 24. Raimundo Neto vende, há seis anos, lanches em uma bicicleta cargueira e estava parado em frente a uma escola na Rua 7 de setembro, centro comercial da cidade, quando foi abordado por quatro guardas municipais.
Segundo o vendedor, eles pediram para que ele retirasse a bicicleta da calçada, mas como ele pediu que esperassem um pouco, os guardas o teriam algemado e arrastado à força para dentro da viatura, e a bicicleta com os lanches foi colocada na carroceria do veiculo. “Eles chegaram e me falaram pra eu me retirar. Eu pedi pra esperar um pouco, só acabar o recreio da escola, mas eles já me falaram que iam prender a minha bicicleta. Eu falei que eles não iam levar a minha bicicleta porque eu não estava fazendo nada com ninguém.

População revoltada com prefeito Banha de Uruará

Mesmo antes do início do inverno amazônico já eram visíveis as péssimas condições apresentadas pelas ruas e avenidas da cidade de Uruará. O estado de abandono execrável está explícito sem que nada seja feito para reverter inaceitável situação.
O que se vê são carros atolando no meio de Avenidas ao cair em valas enormes, como ocorre no Bairro Vila Brasil, na zona Norte da cidade, ou no Bairro Boa Esperança, na zona Sul da cidade.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

PM que atropelou mototaxista se apresenta à polícia nesta terça-feira

Suspeito de atropelar mototaxista se apresenta à Polícia (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

O sargento da Polícia Militar, Antônio Carlos, que atropelou um mototaxista no sábado (21), na Rodovia Curuá-Una, em Santarém, oeste do Pará, se apresentou na manhã desta terça-feira (24), na Unidade Integrada de Polícia (UIPP) do bairro Nova República. Ele é suspeito de ter entrado na contramão e atingido o mototaxista Acáz Oliveira Franco, de 24 anos, que está internado no Pronto Socorro Municipal (PSM).

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Operação Castanheira – Considerado o maior desmatador da Amazônia é preso em Novo Progresso

Ezequiel Castanha (Preso). (Foto -Juliano Simionato)
"Em outra operação com a participação da Policia Federal, Ibama e Força Nacional com objetivo de cumprir três mandados de prisão em desfavor a ;Ezequiel Castanha, Edivaldo Dalla Riva(Paraguaio) e Geovani Marcelino Pascoal, foi realizada  neste sábado(21/02) em Novo Progresso".
Dois foram presos, o empresário Ezequiel Castanha e Edivaldo Dalla Riva(Paraguaio), o terceiro , Geovani Marcelino Pascoal (Giovane do Hotel Miranda) não foi encontrado.
Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pelo Juiz Federal Titular de Itaituba Dr. Rafael Leite Paula.
O Jornal Folha do Progresso acompanhou todo o desenrolar da operação.
Conforme   as informações do coordenador da base do Ibama de Novo Progresso Ademir Guarniero, já existia mandado de prisão preventiva para Edivaldo Dalla Riva(Paraguaio) decretada na Operação Castanheira em Agosto de 2014 , Edivaldo estava foragido, e com a chegada da policia não ofereceu resistência e ficou preso na sede do Ibama de Novo Progresso..
edinaldo1Ezequiel Castanha, foi encontrado fora do seu domicilio em ambiente de trabalho em uma chácara no bairro Jardim América por volta das 18h00min deste sábado (21), aonde solicitaram para que o mesmo acompanhassem até a sede do Ibama, Castanha também não ofereceu resistência, ao chegar no Ibama foi lhe dado voz de prisão.
Para prender o empresário Geovani Marcelino Pascoal, foi feito duas buscas, no Hotel de sua propriedade na avenida Jamanxim , outra em sua residência na avenida Pará próximo do Chopão, a Policia Federal, Ibama e Força Nacional fizeram plantão até a 01:00 da manhã deste domingo (22), Giovane não apareceu.
Guaniero comentou que a esposa de Giovani e seu advogado afirmaram que o mesmo iria se apresentar, a partir de agora Giovani já é considerado um foragido da Policia.
castanha3Essas pessoas são considerados pelo Ibama como desmatadores compulsivos e estão respondendo na justiça por desmatamento em potencial em cometimento de prática ilícita ambiental. Qualquer decisão posterior será dada pela Justiça, finalizou o coordenador da Base do Ibama em Novo Progresso Ademir Guaniero.
Ezequiel Castanha e Edivaldo Dalla Riva(Paraguaio) estavam presos na sede do Ibama a disposição da Justiça, as 14:30 de hoje(domingo) foram levados de helicóptero pelos agentes federais para o município de Itaituba e posteriormente para a sede da Policia Federal de Santarém.

EVANGÉLICO É PRESO PRATICANDO ASSALTOS EM SANTARÉM

Um trio de assaltantes foi preso durante uma investida policial do Serviço Reservado de Inteligência da PM e Polícia Civil nesse sábdo 21/02 na Nova
República. Os nacionais: Igor Raimundo o ( O Marvado ) e o dirigente de célula de uma Igreja Evangélica Gabriel Marciel de Sousa além de um menor de idade foram agarrados. De posse de uma arma eles faziam o trabalho em conjunto, o menor dava uma "peruada" nos valores que tinham a disposição com frentistas de postos de gasolina e com caixas de farmácias e passava o "bizu" para a dupla que numa moto Titan vermelha fazia a "parada".

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Um abraço pra lá de COATI, entre Eliene e Valmir



O abraço deixou até mesmo o vereador Everaldo de Mojui dos Campos sem jeito diante da situação
Um abraço nada agradável recebeu a prefeita Eliene Nunes(PSD), na manhã do último sábado no salão do hotel Barrudada em Santarém, de seu maior rival, e adversário político, o empresário Valmir Crimaco.
O fato aconteceu logo após o encerramento do encontro do Ministro das Cidade Gilberto Kassab com prefeitos, vereadores e empresários da região.
Centenas de pessoas que sãos sabedores da animosidades entre os dois ficaram espantados.
O abraço foi tão forte que teve gente que garante que não foi de COATI, foi SOLIDÁRIO.Será gente?

Sargento do PETRAN alcoólizado causa acidente grava em Santarém


" O sargento Carlos Antônio do Pelotão de Trânsito PETRAN  estava ingerido bebida alcoólica em um bar nas proximidades do local do acidente".
tumulto após acidente na PA-370, em Santarém (Foto: Reprodução/TV Tapajós)Um acidente com carro no final da tarde de sábado (21), na Rodovia Curuá-Una (PA-370), em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Diamantino, em Santarém, oeste do Pará, chamou a atenção de populares. O mototaxista credenciado Acaz Oliveira Franco, de 24 anos, teve algumas fraturas e foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal.
O fato ganhou repercussão pelo fato do motorista do carro causador do acidente ser um policial militar, o Sargento Carlos Antônio do Pelotão de Trânsito PETRAN que estava ingerido bebida alcóolica em um bar nas proximidades do local do acidente e ao pegar o veículo, entrou na contramão e atingiu o mototaxista. “A informação que temos é que o policial invadiu a mão contrária e bateu o mototaxista. 
Ele estava armado e saiu do carro exibindo a arma para o público que se aproximava naquele momento e uma viatura do Ptran deu apoio a ele na fuga. Ele estava com sintomas de embriaguez, tem testemunhas que viu latinha de cerveja e limão dentro do carro, além do colete da Polícia Militar, e a polícia tirou tudo isso de dentro do carro”, contou o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, José Raimundo.
Minutos após a batida policiais militares chegaram ao local e levaram o Sargento, os familiares da vítima que ficou agonizando no chão ficaram revoltados com essa ação e foram até a Delegacia para pedir explicações ao Sargento e pedir o exame de dosagem alcoólica para saber se ele realmente estava embriagado, mas para maior surpresa o Sargento não foi levado para a DP e sim para sua casa segundo informações de outro policial.
A situação gerou tumulto no local do ocorrido e a população também ficou revoltada com o motorista do carro guincho que segundo relatos de testemunhas estaria com sinais de embriaguez e quase causou um novo acidente. Segundo a PM, no momento em que ele fazia uma manobra, jogou o guincho para cima das pessoas. O condutor do guincho e uma pessoa que quase foi atingida foram apresentados na delegacia.
A comandante do Policiamento de Trânsito (Ptran), tenente Izabel Monteiro, a PM iniciou buscas pelo condutor do carro logo após o acidente, mas até a manhã deste domingo (22), ele ainda não tinha sido localizado.
Familiares do mototaxista disseram na manhã desse domingo, que o estado de saúde do mototaxista era estável,

Criança de três anos é encontrada perambulando na madrugada em Altamira



Considerada pelas estatísticas como um dos município mais violento do Brasil, com destaque no ranking de primeiro lugar no Pará, Altamira, município localizado na região do Xingu, e que abrange parte da hidrelétrica de Belo Monte, é sem dúvida uma cidade dominado pela impunidade total.   
A criança foi encontrada perambulando pelas ruas escuras e perigosas de Altamira, região do Xingu
Administrada pelo prefeito Domingos Juvenil(PMDB), a cidade cresceu desordenadamente depois da implantação da hidrelétrica, resultando na chegada de milhares de pessoas vinda de todos os cantos do Brasil, principalmente aqueles que vieram em busca de dias melhores. No entanto, as falsas condicionantes propostas pela empresa deixou a cidade totalmente dependente de ações urgentes, principalmente na infraestrutura e segurança. Nos últimos anos, a violência motivada pela ação do trafico de drogas e prostituição tomou conta da cidade.
Absurdo: Um fato simples, mas que se tornou caso de revolta foi presenciado por um grupo de pessoas que se depararam com uma criança de cerca de 3 anos perambulando em plena madrugada pelas ruas do reassentamento urbano Jatobá. A criança estava bastante assustada, pois não sabia onde estava.
A polícia militar foi alertada, que acionou o conselho tutelar quanto a questão do abandono de incapaz.
O procedimento de  auto de entrega da criança aconteceu ás duas e meia da madrugada. A criança estava sozinha sem saber para onde ir. Mesmo com a presença da conselheira tutelar, a mãe da criança foi apenas notificada. O sargento da equipe policial que atendeu a ocorrência falou sobre o assunto.
Uma testemunha contou a equipe de reportagem que o abandono de incapaz acontece quase que diariamente. E que a mulher acusada de deixar a criança sozinha tem mais duas crianças, e que a mulher sai para beber todas as noites.
Blog do Xarope, com informações de Sidalécio Souza e Fotos: José Antony

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Incra diz que fazenda levará mais 90 dias para ser desapropriada no Pará

Aqui aconteceu a chacina
O representante do Incra em Marabá, no sudoeste do estado, Eudélio Coelho, informou que ainda deve levar 90 dias para que a fazenda localizada em Conceição do Araguaia, onde aconteceu uma chacina seja definitivamente desapropriada e transformada em assentamento.
“Houve um acordo homologado. O processo seguiu para Brasília final de janeiro e chegou dia 4 de fevereiro. Então, creio que nos próximos 90 dias isso seja finalizado e a gente possa criar o assentamento. A gente tem normas e temos que seguir o ritual legal. Tem a vistoria, às vezes faz mais de uma, tem divergência de valor, tem a análise jurídica e às vezes a situação ainda existe disputa”, disse o representante do Incra.

Mulher é encontrada despida e morta na cidade de Alenquer




PM fez a remoção do corpo para o hospital, pois cidade não tem IML (Foto: Divulgação/PM de Alenquer)"Marli de Paula Lima estava sumida desde sexta-feira (13).
Corpo foi achado neste sábado; PM não descarta hipótese de estupro".
Uma mulher de 35 anos foi encontrada despida e morta no início da tarde deste sábado (21), em uma fazenda da área rural do município de Alenquer, oeste do Pará. De acordo com a Polícia Militar que atendeu a ocorrência, Marli de Paula Lima estava desaparecida desde o dia 13 de fev
ereiro. O corpo foi achado em estado de decomposição.