segunda-feira, 31 de março de 2014

Helenilson Pontes declara: “Votei no SIM, não serei excluído e posso até ser Terceira Via em 2014”



Helenilson: Não serei excluído das eleições
“Depois de uma infinidade de denúncias feitas pela equipe do QG do Xarope, Helenilson Pontes, vice-governador do Estado, com humildade, resolve explicar suas razões ao conhecido Blogueiro”.
Em recente encontro político, o atual vice-governador do Pará, Helenilson Pontes, (PSD), esclareceu muitas dúvidas plantadas na opinião pública, entre elas sua posição em relação a não divisão do Pará e consequente criação do Estado do Tapajós. Categórico, mas com muita humildade, Helenilson Pontes confirmou que realmente votou no SIM. “Uma imposição do cargo, como eu poderia me posicionar pela divisão do Estado, sendo vice-governador?”, indagou.
Com muita humildade Helenilson Pontes confidenciou que disse SIM ao Estado do Tapajós
Uma das dúvidas de Helenilson diz respeito ao fato de ter sido alvo de críticas por tantas vezes no Blog do Xarope, algumas até agressivas. “Não sei por que você me persegue, eu nunca lhe fiz nenhuma mal. Acabou a politica tudo volta ao normal, seremos os mesmos amigos”. Disse o vice-governador. Diante de tanta simplicidade, o blogueiro Xarope baixou a cabeça e calou.
Quanto às críticas feitas a Pró-Saúde, a frente do Hospital Regional, Helenilson tachou de “perseguição política”, e que não passam de ataques gratuitos. O vice-governador falou de sua satisfação em querer realizar em Santarém o entreposto da Zona Franca de Manaus, “um avanço econômico sem precedentes”, disse ele.
Quanto ao seu futuro político, Helenilson lembrou que seu partido, PSD, possui a segunda maior bancada na Assembleia Legislativa e respeitável peso político na região, por conta de prefeitos e vereadores que foram eleitos, o que lhe dá respaldo para ser escolhido como possível Terceira Via no cenário político estadual. Uma das manobras adotadas seria a criação em Santarém do entreposto da Zona Franca de Manaus, que seria usado como carro-chefe e alavanca para consolidar seu nome na região.
“Eu não serei excluído de um cenário politico tão importante como esse. Tenho lá minhas referencias partidárias, e não podemos descartar a minha candidatura. No inicio do mês estarei viajando com o governando do Estado Simão Jatene, depois disso muita coisa poder mudar”, se referiu Helenilson Pontes ao Blogueiro Xarope.
Mesmo com toda a humildade demonstrada, sua assessoria ainda coloca alguns obstáculos em seu acesso à imprensa e ao público. Helenilson Pontes terá que demolir as barreiras que impedem que ele se fortifique e possa colocar seu nome como referência futura na região. Do contrário, em lugar de ajudar, seus assessores vão distanciar cada vez mais seu chefe da opinião pública. Isto lhe tem causado prejuízos na vida pública. Do contrário vai se tornar o segundo Odair Correa que se apresentava com uma tropa de elite nas suas vindas a Santarém, o que lhe custou muito caro.

Agência de Uruará volta a ser assaltada, quadrilha leva dinheiro e fazem reféns na ação

Uma quadrilha fortemente armada, composta por pelo menos 8 (oito) homens, assaltou a Agência do Banco do Brasil na manhã desta segunda-feira, 31. Este é o terceiro assalto registrado na agência do município de Uruará.
Durante a ação dos assaltantes houve muitos disparos de arma de fogo de grosso calibre para manter a polícia afastada. Os bandidos usaram as pessoas como escudo humano.
A ação durou cerca de 40 minutos. Após realizarem o assalto os bandidos empreenderam fuga pela transamazônica em direção a cidade de Medicilândia em três veículos e no km 175 norte eles entraram na estrada vicinal, levando como reféns alguns clientes e os vigilantes da agência.
Uma pessoa foi atingida no braço durante os disparos feitos pelos assaltantes, a mesma foi encaminhada para o hospital municipal de Uruará e não corre risco de morte.
De acordo com uma cliente que estava no banco, os bandidos chegaram por volta das 9 horas na agência, que estava lotada, exatamente no momento em que era aberto o atendimento ao cliente. 
Eles atiraram na porta do banco e entraram anunciando o assalto mandando todo mundo deitar no chão. Depois fizeram um escudo humano na frente da agência.
Ainda segundo a cliente os bandidos estavam encapuzados e com as roupas e botas sujas de lama, eles teriam colocado o dinheiro dentro de uma camionete hilux branca no momento do assalto.
O mesmo tipo de ação havia ocorrido no dia 5 de fevereiro do ano de 2013, quando cinco elementos fortemente armados conseguiram roubar uma grande quantidade de dinheiro, com valor não divulgado, sendo que as investigações sobre o assalto ainda não estão concluídas.
Os ladrões atearam fogo em um dos carros. Há informação de que o assalto rendeu cerca de 10 milhões de reais.

Marcas do que se foi: AMUT perde prestígio com tantas administrações desastrosas


Sem opção, Amut teve que engolir GOELA abaixo a inoperância de BANHA

A reunião da AMUT que reconduziu o prefeito de Uruará Everton Banha, que aconteceu na Câmara Municipal de Santarém, na última sexta-feira serviu para mostrar o tamanho da queda de prestígio que a Associação de prefeitos da Transamazônica e da região Santarém-Cuiabá está passando. Não fosse pela presença dos deputados federais Wandelkolk Gonçalves, Joaquim de Lira Maia e do vice-governador Helenilson Pontes, a reunião seria um total fracasso.
A AMUT que antes servia como suporte técnico e financeiro para várias prefeituras associadas, abrigou na última reunião um celeiro de prefeitos sem prestígio e com muita rejeição em seus municípios, como foi o caso do prefeito de Placas, Leonir Gauchão, do prefeito de Aveiro, Olinaldo “Fuzica” e do próprio Everton Banha, que entra para a história de Uruará como o pior gestor que já passou pelo município e de Alexandre Von, que afunda cada vez mais as esperanças do povo santareno e enterra seu potencial econômico e turístico. Destes, só se salvava dos escombros da AMUT o prefeito de Trairão, Danilo Miranda. E ainda a presença do ex-prefeito de Rurópolis Aprigio Silva, atual secretário executivo que a todo custo luta pelo fortalecimento da entidade.

Muita safadeza e xaropada no reinado do Gaúcho em Placas



Em Placas a safadeza corre solta, e no mar de corrupção vale de tudo, até mesmo a Presidenta da Câmara de Vereadores, Mayara Cheyenne (DEM), receber dinheiro como Assessora do Prefeito Leonir Gauchão(DEM).
E fiquem ligados que não é pouco dinheiro não, são mais de R$ 4.500,00 (Quatro mil e quinhentos reais) pagos com o dinheiro da SECRETARIA DE SAÚDE.
Enquanto a população sofre sem atendimento no Hospital Municipal o Prefeito usa o dinheiro da Saúde para comprar Vereador e ainda pagar motorista para a Presidente da Câmara desfilar em carrão.
Durante a reunião da escolha da diretoria da AMUT em Santarém, realizada na última sexta-feira(28/03), todo mundo podia ver que a Presidente da Câmara mais parecia uma empregada do Prefeito e inclusive chegou e saiu da Câmarta de Vereadores de Santarém no carro do Prefeito, uma Toyota SW4 preta.
Mayara, tudo virou palhaçada e corrupção
Também não é pra menos, se recebe tem que puxar saco do patrão e andar bajulando ele pra cima e pra baixo. Dizem até que o Prefeito Leonir Gauchão vai ter que operar o “saco” de tanto que sua assessora puxou.
Durante o almoço o Prefeito de Placas, Leonir Gauchão (DEM), chegou a pedir ao Prefeito de Santarém, Alexandre Von (PSDB), para conter os seus colegas de partido no município de Placas, que estariam denunciando a Assessora do Prefeito e Presidente da Câmara de Placas.
É muito roubo com o dinheiro do povo de Placas, enquanto o Prefeito e sua Assessora Maytara, que também é presidente da Câmara de Vereadores, ficam desfilando em carrões. as mulheres de Placas tem que ter seus filhos no Hospital de Rurópolis ou Santarém, ou até mesmo dentro da ambulância como vem acontecendo.
Os vereadores de Placas devem estar mamando nas tetas da prefeitura, porque ficam aceitando a tudo calados, enquanto o povo sofre na mão dessa “dupla dinâmica” da corrupção.
Cadê os vereadores do PT, partido que se dizia combatente da corrupção, principalmente do DEM? Vão continuar calados assistindo o DEM usar o  dinheiro da Saúde de Placas para comprar vereador?
A presidente da Câmara e o Secretário de Educação
E os vereadores do PMDB? Só porque estão com a Secretária de Educação vão apoiar a roubalheira do Prefeito e da Presidente da Câmara? Quando Marcelo Leal era Vereador vivia falando mal do prefeito e até mesmo assinou uma CPI para investiga-lo, porém foi só assumir a Secretária de Educação que tudo mudou e o Prefeito Leonir Gauchão virou santo? Conta outra Marcelo!
Vamos investigar, pois já me passaram que a Presidente da Câmara tem 17 assessorias pagas com dinheiro do povo e sabe-se lá pra que. Vamos descobrir os nomes e divulgar aqui pra vocês dizerem se essas pessoas trabalham ou não na Câmara Municipal de Placas.

Empresário defende linha aérea regular entre Santarém e Cuiabá

O empresário Luis Carlos Tremonte, sugere a imediata implantação de uma linha aérea comercial para ligar a capital do Mato Grosso, Cuiabá, com Itaituba e Santarém, no Pará. A justificativa é que há um grande interesse de empresários mato-grossenses pela região Oeste do Pará.
Tremonte atua no setor madeireiro da região há mais de 15 anos, sendo um dos principais porta-vozes das empresas do setor florestal na região. Em 2010 ele chegou a ensaiar uma candidatura a governador do Pará, mas desistiu logo depois. Hoje, filiado ao PDT, ele é pré-candidato a deputado f
ederal. Abaixo, leia o artigo escrito por ele, no site Vionorte.
“Fiz, recentemente, uma viagem pela Rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), com o objetivo de verificar in loco as condições da rodovia e prospectar informações sobre a região Norte do Mato Grosso, que será a grande beneficiária da pavimentação desta rodovia, usando-a para o escoamento da sua monumental produção de grãos. Voltei muito otimista. Com a sensação de ter feito uma viagem para o futuro. E um futuro muito promissor.

domingo, 30 de março de 2014

Três jogos abriram a quinta rodada do Parazão Destaque para as vitórias do Santa Cruz, Cametá e PFC

Foto em destaque
Na rodada que marca o primeiro Re-Pa no segundo turno do Campeonato Paraense 2014, três jogos abriram o final de semana de futebol no Parazão. Em jogos com muitos gols, torcedores do Santa Cruz de Cuiarana, Paragominas e Cametá fizeram a festa no interior do Pará.
Às 17h, em Tucuruí, no estádio Navegantão, o Santa Cruz conseguiu a primeira vitória na competição. Os comandados de Cacaio bateram o Galo Elétrico dentro de casa, pelo placar de 3 a 2. O Tigre do Salgado marcou com Rafael Paty e Wescley, duas vezes. O Independente descontou com Chicão e Wegno.
À noite, na Arena do Município Verde, em Paragominas, o Jacaré recebeu o Gavião Kyikatejê, que amargou mais uma derrota no campeonato. O PFC venceu pelo placar de 1 a 0, com gol no final do segundo tempo, marcado pelo atacante Buiú.
Também às 20h30, no estádio Parque do Bacurau, em Cametá, o Mapará venceu o São Francisco. Em partida apertada, os donos da casa bateram o Leão Santareno por 3 a 2. Os gols do Cametá foram marcados por Preto Barcarena, Tetê e Alan Peterson. O São Francisco diminuiu com Caçula e Boquinha.
No domingo Remo e Paysandu empataram em 0 x 0. 
Payssandu com 12, Paragominas 9, Independente  7, São Francisco 7 pontos até o momento fazem parte do G4.
 
 

Contas da Pró-Saúde que fatura 265 milhões do governo Jatene são rejeitadas pelo TCE,

Contas da Pró-Saúde são rejeitadas pelo TCE (Foto: Eunice Pinto/Ag. Pa)
A Pró-Saúde administra quatro hospitais regionais, entre eles o do Baixo Amazonas (foto). (Foto: Eunice Pinto/Ag. Pará
As “verdades” da OS, entretanto, não resistem a uma simples pesquisa processual no Tribunal de Contas do Estado (TCE). A organização, que há mais de três anos vem faturando, por ano, R$ 265 milhões do governo Simão Jatene para gerenciar quatro hospitais regionais (Santarém, Altamira, Marabá e o Metropolitano, também em Ananindeua) teve suas contas julgadas irregulares pela corte duas vezes, sendo condenada a devolver aos cofres públicos quase R$ 1,5 milhão. Como se vê, a mentira, no caso da Pró-Saúde, tem pernas bem curtas.
A primeira condenação da Pró-Saúde ocorreu em 14/08/2012 e refere-se ao processo 2009/53163-6 (Acórdão nº 51.026) que teve como conselheiro relator Ivan Barbosa da Cunha, que apontou irregularidades no contrato de gestão 068/06 celebrado entre a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) e a Pro-Saúde para gestão do Hospital Regional de Marabá. O presidente da Pró-Saúde Paulo Roberto Mergulhão foi condenado a devolver R$ 128.287,41 (R$ 426.138,49, corrigidos), além de mais R$ 5 mil de multa. A Pró-Saúde recorreu e em seguida tentou embargar a decisão, que foi mantida pelo TCE.

DESPORTISTAS SANTARENOS DÃO O ÚLTIMO ADEUS AO ETERNO ÍDOLO PEDRINHO MOREIRA

O corpo de Pedrinho Moreira chegou a Santarém por volta das 16 horas deste sábado (29), e ainda no aeroporto Maestro Wilson Fonseca foi colocado em um carro do Corpo de Bombeiros, que seguido por uma imensa fila de carros, percorreu várias ruas da cidade, até chegar em sua residência, localizada na Rua 24 de Outubro, onde foi velado. O enterro aconteceu na tarde deste domingo (30), onde uma grande carreata acompanhou Pedrinho Moreira até o cemitério Nossa Senhora dos Mártires, onde foi sepultado.
Antes, porém, o cortejo fúnebre passou em frente à sede do São Raimundo (foto), onde uma grande homenagem foi feita ao ex-atleta do clube. Durante a chegada do caixão ao cemitério, outras homenagens foram feitas ao atleta santareno.
Pedrinho jogou no São Raimundo, Tuna, Paysandu e Esporte Clube Santarém. Era também formado em Educação Física.

Vítimas de acidente entre caminhão e micro-ônibus são enterradas, entre eles o motorista santareno

Centenas de familiares e amigos compareceram ao enterro (Foto: Romulo de Sousa/G1 AM)Foram sepultados neste deste domingo (30) corpos de vítimas do acidente de trânsito que deixou 15 pessoas mortas na noite de sexta-feira (28), na Avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus. Uma grávida e uma criança estão entre os mortos na colisão entre um caminhão e um micro-ônibus.
No cemitério Parque Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, a manhã de domingo foi de despedida. Os corpos de Quezia Guedes de Souza, de 24 anos, e do filho, Luiz Miguel Guedes, de um ano e seis meses, foram enterrados sob comoção de familiares e amigos que acompanharam a cerimônia.
Familiares e amigos fizeram as últimas homenagens às vítimas (Foto: TV Amazonas/Reprodução)A poucos metros, mais uma vítima era enterrada. A amiga de Quezia e madrinha do menino Luiz, a garçonete Adriane da Silva Fernandes, 20 anos. Quezia, o filho e a garçonete haviam saído para fazer compras no centro da cidade e retornavam para casa quando o acidente ocorreu.

Após reunião, PT aprova aliança com PMDB no 1º turno das eleições

Após reunião, PT aprova aliança com PMDB (Foto: Divulgação)
Após reunião do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), realizada na tarde deste sábado (29), foi aprovado com maioria de votos que o PT irá apoiar o PMDB no 1º turno das eleições. No total, foram 249 votos contra 100.
O encontro definiu a aliança em primeiro turno com o PMDB para a eleição do pré-candidato Helder Barbalho, do pré-candidato ao Senado, Paulo Rocha (PT) e reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Cartas censuradas pelo nazismo são encontradas em colégio no Paraná

Três cartas enviadas de Londrina, no norte do Paraná, para a Alemanha, entre 1939 e 1941, foram censuradas (Foto: Rodrigo Saviani/G1)

Correspondências foram enviadas por uma religiosa que vivia em Londrina.
Material foi encontrado por voluntários que organizam o acervo do colégio. 

A organização do acervo do Colégio Mãe de Deus, em Londrina, no norte do Paraná, revelou aos voluntários uma descoberta histórica. Cartas que haviam sido enviadas por uma freira, entre 1939 e 1941, enderaçadas a parentes dela na Alemanha, estavam guardadas entre os pertences da religiosa. As correspondências nunca chegaram ao destino, pois foram censuradas pelo governo nazista.As cartas escritas pela freira de Schoenstatt irmã Mariavirgo foram devolvidas ao colégio quase 50 anos depois de serem remetidas. Com a descoberta, os materiais devem ir para o acervo do colégio, fundado em 1936.

Mergulhadores buscam vítimas de acidente em barragem no Amapá

Local do alagamento na Hidrelétrica de Santo Antônio, em Laranjal do Jari (Foto: Francisco Pilha/Arquivo Pessoal)


Mais dois mergulhadores do Corpo de Bombeiros do Amapá devem chegar na tarde deste sábado (29)  para auxiliar nas buscas pelos desaparecidos no acidente ocorrido na construção da Hidrelétrica de Santo Antônio, em Laranjal do Jari, a 265 quilômetros de Macapá. No local, o tenente coronel Paulo Quaresma informou que dois homens já iniciaram as buscas.
Local do alagamento na Hidrelétrica de Santo Antônio (Foto: Francisco Pilha/Arquivo Pessoal) De acordo com os bombeiros, quatro pessoas estão desaparecidas por causa do rompimento da barragem. Inicialmente, a corporação chegou a informar que o número de funcionários sumidos era de sete. A empresa responsável pela obra, o consórcio EDP, não confirmou as informações, mas em ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Laranjal do Jari registrou o desaparecimento dos trabalhadores.

Buscas aos desaparecida de Jacareacanga terá ajuda 53º BIS, sediado em Itaituba

Hilton Aguiar durante encontro com o general Ferreira, do Comando Militar do Norte

Hilton Aguiar durante encontro com o General Ferreira
Deputado Hilton Aguiar durante encontro com o General Ferreira
Na sexta-feira (28), pela manhã, o deputado estadual Hilton Aguiar esteve novamente reunido com o General Ferreira, comandante do Comando Militar do Norte, e solicitou o reforço no efetivo que coopera com as buscas do avião da Jotan Táxi Aéreo que está desaparecido com 5 passageiros há mais de uma semana, nas proximidade do município se Jacareacanga. O comandante se comprometeu em enviar uma equipe de 14 homens, habilitados à operações em selva, que partiram na manhã deste sábado para se juntar a equipe que coordena as buscas.

sábado, 29 de março de 2014

Deputados propõem auditoria para investigar Pró-Saúde no Pará

Os deputados Carlos Bordalo (PT), Airton Faleiro (PT), Alfredo Costa (PT), Josefina Carmo (PMDB) e Edmilson Rodrigues (PSOL) solicitaram que seja providenciada uma auditoria ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para analisar as contas da Pró-Saúde, Organização Social que administra os Hospitais Regionais do Baixo Amazonas, em Santarém; do Sudeste, em Marabá; da Transamazônica, em Altamira; e o Metropolitano, em Ananindeua.
A decisão foi consentida pela maioria dos deputados presentes e acatada pela presidente da Comissão de Educação, Cultura e Saúde da Assembleia Legislativa do Pará, deputada Nilma Lima, durante reunião nesta terça-feira, 25.03, na Alepa, que ouviu o secretário de Saúde, Hélio Franco e o diretor geral da Pró-Saúde, Marcelo Bittencourt, sobre os contratos com os hospitais.
A audiência foi requerida pelo deputado Carlos Bordalo, mediante acusações veiculadas na mídia de que a OS, mesmo não cumprindo metas, ainda estaria recebendo cifras altíssimas do Governo Jatene, para administrar os 4 Hospitais Regionais.
Para Bordalo, o mais vantajoso seria investir na atenção básica de saúde ao invés de “despendermos milhões do erário público à Pró- Saúde para gerir hospitais de alta e média complexidade, sem explicar se está cumprindo as metas.

Morre Pedrinho Moreira, ex-goleiro do São Raimundo e Clube do Remo

Faleceu na manhã deste sábado em Belém, o ex-goleiro do São Raimundo e do Remo, Pedrinho Moreira. Com problemas de saúde desde o ano passado Pedrinho, foi hospitalizado no Regional de Santarém , com o quadro clinico se agravando cada vez mais, foi transferido para Belém , onde veio a falecer neste sábado às 6h30 , um dia antes de completar 65 anos. Pedrinho Moreira  jogou na seleção santarena ,Fluminense, São Raimundo  e no futebol profissional atuou no Sport Clube Santarém e no Clube do Remo de Belém. 
Depois que parou de jogar trabalhava como professor do modular. 
Por Ivaldo Fonseca

sexta-feira, 28 de março de 2014

Vereador coloca em XEQUE gastos feitos pelo prefeito Domingo Juvenil em Altamira



Por Wilson soares
Ano passado entraram nos cofres público R$ 204.406.612,81 (duzentos e quatro milhões, quatrocentos e seis mil,  seiscentos e doze reais e oitenta e um centavos). 
O prefeito de Altamira Domingos Juvenil (PMDB), fez a prestação de contas do 3º quadrimestre. De acordo com o relatório sintético da gestão municipal, apresentada pelo chefe do poder Executivo aos vereadores, o município de Altamira tinha uma previsão orçamentária inicial para 2013, de cerca de R$ 150 milhões de reais, porém a arrecadação e os recursos recebidos superaram esse valor.
Os demonstrativos financeiros apresentados pela prefeitura mostram que no ano passado entraram nos cofres público R$ 204.406.612,81 (duzentos e quatro milhões, quatrocentos e seis mil,  seiscentos e doze reais e oitenta e um centavos).  
Vereadores contestam prestação de Juvenil
Alguns gastos apresentados pela contabilidade na Casa de Leis, logo chamaram atenção dos vereadores de oposição a Juvenil, que discordaram de alguns números. Como exemplo, o primeiro secretário e líder da oposição vereador João Artur (PMN), disse não saber onde foram aplicados os R$ 175 milhões, que o gestor diz ter gasto no município.  O parlamentar disse ainda que a cidade de Altamira vivencia uma das piores administrações municipal.  ”A cidade tem várias obras em infraestrutura de saúde, educação, assistência social entre outras, mas todas as obras são financiadas pela Norte Energia, como parte das condicionantes”, frisou o vereador João Artur.

Crateras ocupam metade da pista na rodovia Transamazônica


Por Wilson Soares
Duas crateras tomam conta de metade da rodovia Transamazônica, entre os municípios de Brasil Novo e Medicilândia, no sudoeste do Pará. A primeira cratera fica no quilometro 47 da estrada, logo após a cidade de Brasil Novo. A segunda se encontra no quilometro 85 da rodovia, próximo a cidade de Medicilândia.
As duas crateras se formaram devido as fortes chuvas que caíram em março na região. O buraco está prejudicando os motoristas que precisam passar pela rodovia.
Caso os buracos aumentem, há a possibilidade de interditar a única rodovia que liga os municípios do oeste paraense à cidade de Altamira. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) não se pronunciou sobre o ocorrido.

Escola Tecnológica de Santarém vira “Elefante Branco”

Placa indica que obra seria entregue em agosto de 2012, o que não aconteceu

O descaso do governo do Estado com a região Oeste do Pará é tão grande, que muitas obras que foram anunciadas como investimentos pesados da dupla Simão Jatene e Helenilson Pontes, ficaram só no papel e suas conclusões não tem data certa. Um exemplo é a Escola Tecnológica de Santarém, localizada no cruzamento das rodovias estaduais Everaldo Martins e Fernando Guilhon.
Inconformado com o abandono das obras de construção da Escola Tecnológica de Santarém, o vereador Emir Aguiar (PR) decidiu abrir o bico. 
OBRA ABANDONADA: Orçada em R$ 5.740.409,30 e iniciada no dia 01 de agosto de 2010, com término programado para 25 de agosto de 2012, a Escola Tecnológica de Santarém virou alvo de preocupação da comunidade escolar da região Oeste do Pará.

Fruto de um convênio entre o programa “Brasil Alfabetizado”, do Governo Federal e do Governo do Pará, a Escola Tecnológica de Santarém tinha como meta beneficiar cerca de três mil estudantes, caso fosse concluída.
O vereador Emir Aguiar afirma que em Vigia, a obra orçada em R$ 7 milhões já está com 99% concluída. Emir enumerou detalhes da obra e a comparou com a arquitetura semelhante existente em Santarém. “E nós aqui, só estamos vendo aquele elefante branco na entrada da estrada de Alter do Chão”, disse.
Placa indica que obra seria entregue em agosto de 2012, o que não aconteceu
Emir Aguiar fez alusão à escola Tecnológica construída em Santarém pelo Governo do Estado.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Manobra de Jatene sai pela culatra, e Santarém continua sendo a capital das obras inacabadas



"Seixas Lourenço assume SEDUC, mas irregularidades, fraudes e as obras inacabadas continuam".
 Muita expectativa, mas ao final, nada aconteceu de novo no cenário da educação pública do Estado do Pará, mesmo com a mudança do secretário. Seixas Lourenço assumiu o cargo, em meio a uma euforia geral, que pedia principalmente pela saída da “toda poderosa” Lene Farinha e seus comandados. Não se sabe por que, tudo continua como antes no quartel de Abrantes. O que se fala nos bastidores, é que a indicação pode ter sido um “enorme” Titanic na vida pública de Seixas Lourenço, feito para queimar a imagem do ex-reitor da UFOpa em Santarém.
Verdade ou não, fato é que Seixas Lourenço assume o cargo, mas o que se suspeita é que ele não possui pulso nem direitos garantidos pelo “chefe” imediato, Simão Jatene, parafazer as devidas mudanças no Órgão estadual de educação.
Conclusão, tudo continua indo de mal a pior; com a permanência de Lene Farinha na SEDUC, que bateu o pé, e continua dando as ordem. Mau exemplo são as Obras inacabadas nas escolas públicas do Estado, licitações irregulares, a merenda escolar servida aos alunos, de péssima qualidade e a falta de infraestrutura, que faz alunos em alguns municípios paraenses estudar em salas de aulas improvisadas, cobertas de palha e no chão batido. 
Pelo que se sabe, a indicação de Seixas Lourenço para titular da SEDUC não passou de tiro pela culatra, feito para queimar a imagem do ex-reitor da UFOPA.