segunda-feira, 17 de junho de 2019

Prefeito de Itaituba Valmir Climaco é alvo de denúncia por supostamente ter incitado população a receber “à bala” grupo da Funai

Resultado de imagem para prefeito valmir climaco
Prefeito de Itaituba Valmir na mira do MPF
O Ministério Público Federal (MPF) abriu investigação na última sexta-feira (14) para apurar denúncias de servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) de que o prefeito de Itaituba (PA), Valmir Climaco, teria incitado a população a receber “à bala” um grupo de trabalho da autarquia responsável por estudos para a criação de Terras Indígenas no sudoeste do Pará.
A Procuradoria da República em Itaituba abriu investigação para apurar eventual ocorrência de ato de improbidade administrativa, e determinou o envio de cópia das denúncias à Procuradoria Regional da República na 1ª Região, em Brasília (DF), para que seja avaliado o cabimento de instauração de investigação criminal.
Segundo depoimentos de servidores prestados na sexta-feira e informações encaminhadas na semana passada ao MPF pela diretoria de Proteção Territorial da Funai, a incitação feita pelo prefeito ocorreu no último dia 7, durante reunião realizada na sede da prefeitura de Itaituba.
No evento estavam presentes os componentes do grupo de trabalho responsável pelos estudos fundiários e cartoriais necessários para a delimitação das Terras Indígenas Sawre Bap’in (Apompu) e Sawre Jaybu, do povo Munduruku, e detentores de terras a serem afetadas pela demarcação. O prefeito é um desses detentores.
De acordo com informações de integrantes do grupo de trabalho da Funai, a reação do prefeito ocorreu após os servidores da autarquia terem apresentado os objetivos do levantamento de campo, que são os de informar fazendeiros e agricultores que seus imóveis estão inseridos na área delimitada a partir de estudos antropológicos e ambientais prévios, e de cadastrar proprietários e imóveis para o censo fundiário, conforme prevê o decreto presidencial nº 1.775/96 e a portaria do Ministério da Justiça nº 14/96.
“Para nossa surpresa, o prefeito ressaltou que estamos invadindo as propriedades particulares, cuja entrada só seria possível com autorização judicial, e recomendou aos moradores que recebam a equipe ‘à bala’, sendo essa postura que ele teria em seu imóvel, que está inserido na área de estudo, e encerrou a reunião”, detalha ofício recebido pelo MPF.
O público presente no auditório na prefeitura, formado por membros da associação Igarapé Preto e região, ovacionou e apoiou a fala do prefeito, causando temor nos servidores, registra a transcrição do depoimento de integrantes do grupo de trabalho da Funai.
O grupo de trabalho foi criado pela portaria da Funai nº 613/2019, assinada em 15 de maio pelo ex-presidente da autarquia Franklimberg Ribeiro de Freitas. A portaria estabeleceu prazos de 27 dias para a realização dos trabalhos de campo e de 60 dias para a entrega do relatório fundiário e cartorial.
Sob risco de vida, a equipe teve que suspender os levantamentos, e solicitou ao MPF e à Polícia Federal escolta policial para que os trabalhos de campo possam ser retomados.

Prefeitura de Santarém realiza sorteio do IPTU Premiado nesta sexta-feira, 21A programação faz parte das comemorações dos 358 anos de Santarém

A programação faz parte das comemorações dos 358 anos de Santarém
A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria de Gestão, Orçamento e Finanças (Semgof) realiza nesta sexta-feira (21), às 22h, na Praça de Eventos, o sorteio do "IPTU Premiado 2019". Serão sorteados oito prêmios, sendo: 01 Microondas; 01 Fogão; 01 Bicicleta; 01 Geladeira; 01 TV de 42 Polegadas; 01 iPhone; 01 Motocicleta 0 km e 01 Carro 0 km.
O "Programa IPTU Premiado 2019" foi instituído pela Lei Nº 20.382 de 05 de abril de 2018 e regulamentado pelo Decreto Nº 043/2019, que tem por finalidade auxiliar na captação de receita pública municipal.
Os contribuintes que estiverem em dia com o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e com os dados cadastrais atualizados na Divisão de Cadastro Imobiliário do Município, até o dia 30 de maio de 2019 estarão automaticamente inscritos no programa, conforme condições previstas na Lei e no Decreto.
Estão impedidos de participar do sorteio o prefeito e o vice-prefeito; os vereadores; os secretários e coordenadores municipais; integrantes da comissão organizadora do concurso; ocupantes de cargos em comissão da Prefeitura e da Câmara de Santarém, bem como os proprietários, preposto e empregados de empresa contratada que auxiliar na organização do evento e do sorteio.
De acordo com a secretária de Finanças de Santarém, Josilene Pinto, a premiação é uma estratégia da gestão municipal para diminuir a inadimplência com o imposto. "Nós procuramos trabalhar sempre a conscientização do contribuinte para que a inadimplência caia a cada ano que passa e uma das formas de incentivar este contribuinte é justamente concedendo a ele a oportunidade de ganhar prêmios. Vamos dar continuidade às campanhas de conscientização para que o cidadão entenda o que é o IPTU, para que serve e a importância de manter o imposto em dia", reforçou.
Sobre – O IPTU é considerado o tributo de maior fonte de renda para o município, quanto maior a arrecadação, maiores serão os benefícios para a população. 
O recurso possibilita o governo municipal investimento em saúde, educação, infraestrutura urbana e rural, saneamento, sinalização de trânsito e outros benefícios.

Jovem transmite o próprio suicídio pelo Facebook. Cenas fortes!

Um jovem de Imperatriz recorreu hoje, domingo (16), pela manhã, ao suicídio usando uma uma arma de fogo. Ele se trancou no quarto, não sem antes avisar aos amigos o que iria fazer. O amigos foram ao local e ficaram implorando para o jovem não cometer o gesto extremo. Ele preparou o celular na sua direção, deu um tiro pra cima, depois se ajoelhou, colocou o cano no ouvido e puxou o gatilho.
O jovem em vida, que residia em Petrolina, na Estrada do Arroz, em Imperatriz.

Policia prende mulher que gravou um vídeo ameaçador e vai presa em São Félix do Xingu

Na Delegacia, acusada diz que tudo não passou de uma brincadeira e pede desculpas.

Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo sargento Valentim, prendeu Jyemy Cristina da Costa Lima, acusada de promover terror na população de São Félix do Xingu, sudeste paraense, através de um vídeo compartilhado nas redes sociais, na quinta-feira (13). Na ocasião, a acusada estaria usando uma camisa para esconder o rosto, porém, foi reconhecida através de uma tatuagem no ombro esquerdo.

Assista o vídeo da ameaça:
Ao ser indagada a respeito do vídeo acima, a mesma confessou o crime e, falou que estaria arrependida e, tudo não passava de uma brincadeira. Diante dos fatos, a PM encaminhou a acusada para a Delegacia de Polícia de São Félix do Xingu, sob os cuidados do delegado Machado e inspetor Borges, para os procedimentos cabíveis.
Na Delegacia, Jyemy Cristina gravou um vídeo se desculpando com todos os que chegaram a assistir o vídeo em que ela faz ameaças à população. Assista:
Na manhã desta sexta-feira, 14, o delegado José Carlos, superintendente do Alto Xingu, informou à reportagem do Portal Fato Regional, que a acusada foi enquadrada no artigo 41 da Lei de Contravenções Penais, por provocar alarmar, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto. 

Polícia Civil prende em São Félix acusados de mandarem matar Carlos Cabral

A Polícia Civil prendeu, na manhã deste domingo (16), na zona rural de São Félix do Xingu, dois dos três suspeitos de serem os mandantes do assassinato do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Rio Maria, Carlos Cabral Pereira. Ele foi morto com três tiros na cabeça, no Bairro Planalto, na última terça-feira (11). Até o momento, os nomes dos acusados não foram divulgados.
Por determinação da Diretoria de Polícia do Interior (DPI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SEGUP), foram mobilizadas, a fim de dar uma resposta rápida para o crime, equipes da Delegacia de Conflitos Agrários de Redenção (Deca), Núcleo de Inteligência Policial (NIP), Superintendência do Alto Xingu e Superintendência do Araguaia.
Hoje, em operação policial na zona rural de São Félix do Xingu, os policiais cumpriram dois dos três mandados de prisão temporária (30 dias) contra os acusados de terem sido os mandantes do crime; e sete mandados de busca e apreensão domiciliar contra outras pessoas envolvidas no crime, as quais foram autuadas por posse ilegal de arma de fogo.
O crime
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Maria (STR), Carlos Cabral, foi assassinado na tarde de terça-feira (11), por volta das 16h, no Setor Planalto da cidade. Ele foi executado por dois homens que estavam em uma moto Honda Biz Preta. Eles fizeram quatro disparos, provavelmente de revólver calibre 38, contra o líder rural, três dos quais acertaram a cabeça de Cabral, que ainda chegou a ser removido em ambulância do Samu ao Hospital Municipal, mas já deu entrada sem vida.
Cabral vinha sendo ameaçado de morte por conta de, ao longo dos anos, ter liderado várias invasões de terra naquela região. Já havia sofrido, inclusive, outros atentados de morte, mas sempre escapava.
Carlos Cabral foi o terceiro presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Maria assassinado no exercício do cargo.

"Velho Taurino", maior assaltante de banco do Norte e Nordeste já curte nova

Espera-se que desta vez ele não fuja, não faça reféns na cadeia, nem receba o famigerado benefício do regime semi-aberto - pois trata-se de um indivíduo perigosíssimo e líder de facção criminosa. Trata-se de Taurino Lemos da Conceição, conhecido por "Velho Taurino", considerado um dos maiores assaltantes de banco em atuação no Pará e um dos líderes de uma facção criminosa no Estado. 
Ele foi preso na última quinta-feira pela Polícia Civil e apresentado na Delegacia Geral. Estava com mandado de prisão preventiva e mandado de recaptura decretados pela Justiça. A prisão ocorreu em Dom Eliseu. Taurino é apontado por envolvimento no resgate de presos do complexo penitenciário de Santa Izabel do Pará ocorrido em setembro de 2018. 
Também tem participação no assalto ao avião da empresa Prossegur ocorrido em Tucuruí em dezembro de 2018 e no ataque ao carro forte da mesma empresa seguradora, no último dia 28 de maio, quando o veículo trafegava na rodovia BR-304 entre Augusto Corrêa e Viseu, no nordeste do Pará. 
A prisão de Taurino Lemos foi realizada por policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Anti-Sequestro (Drrba), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) do Pará. Ele é considerado responsável por outros ataques a bancos na modalidade de roubo conhecida como “novo cangaço” e assaltos a veículos de transporte de valores. 
Após o assalto ao carro-forte no final de maio, ele fugiu para a cidade de Açailândia no Maranhão onde passou a viver escondido. Aparecia vez ou outra em Dom Eliseu no Pará, onde foi localizado e preso. Taurino atua em roubos contra instituições bancárias há aproximadamente duas décadas. 
Quadrilha do Pânico
Em 2003, ele ficou conhecido em todo Brasil, como um dos membros da chamada “Quadrilha do Pânico”, grupo de assaltantes de banco responsável por diversos assaltos, entre os quais, o primeiro roubo a banco no Brasil, na modalidade "novo cangaço" ou "vapor", ocorrido nesse ano, em Tucuruí. Na ocasião, um policial militar foi morto pelos criminosos durante o assalto.
Chegou a ser preso no ano de 2004 no Pará. Na época, Taurino assumiu posição de destaque na liderança da facção criminosa e passou a ser apontado como articulador de diversos homicídios de inimigos. Por isso, ele foi transferido para o Sistema Penitenciário Federal, onde permaneceu preso por mais de uma década, retornando ao Sistema Penitenciário Paraense no ano de 2018, após progressão de regime prisional.
Em setembro de 2018, após decisão judicial de progressão de regime para o sistema semi-aberto, ele foi transferido para a Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel do Pará, onde permaneceu por aproximadamente uma semana. 
No dia 28 de setembro de 2018, em companhia de outros detentos e com apoio externo, Taurino sequestrou funcionários do Sistema Penal e invadiu o Centro de Recuperação Penitenciário do Para II (CRPP II), no complexo de Santa Izabel do Pará, de onde resgatou diversos integrantes da facção criminosa, dentre eles, o assaltante de banco Adriano da Silva Brandão.
Em 03 de dezembro de 2018, em companhia de outros criminosos, ele atacou o avião intermodal da empresa Prosegur na cidade de Tucurui. Na ocasião, Adriano Brandão veio a morrer em confronto com a polícia. Taurino tem vários mandados de prisão preventiva nos Estados do Pará e Maranhão, bem como mandado de recaptura pela fuga do Sistema Penal Paraense. (Do Ver-o-Fato, com informações da Polícia Civil, assessoria de imprensa) cadeia.

São Raimundo-PA 1 x 0 São Raimundo-RR - Pantera supera Mundão com gol no finalzinho

Único gol do duelo foi marcado por Wendell, de pênalti. Confronto foi marcado por tensão e fratura do zagueiro alvinegro Guilherme Molle
antarém, PA, 16 (AFI) - Foi no finalzinho, mas o São Raimundo-PA conseguiu vencer o São Raimundo-RR por 1 a 0 no estádio Colosso do Tapajós. Na tarde deste domingo, as equipes se enfrentaram pelo jogo de ida da segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D e o gol foi marcado por Wendell, de pênalti.
SITUAÇÃO PARA JOGO DE VOLTA
Com o resultado, o Pantera jogará em Roraima podendo empatar para garantir a classificação. O São Raimundo-RR precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis ou por mais para avançar no tempo normal. O jogo será no próximo domingo, às 17h, no estádio Ribeirão, em Boa Vista.
A primeira boa chegada foi dos donos da casa. Mariano recebeu passe e estava pronto para finalizar, mas o goleiro Diego desviou de leve.
O time paraense continuou pressionando e conseguiu finalizar em várias oportunidades com Marcelo Maciel e Mocajuba.
O Mundão respondeu em cobrança de falta. A bola sobrou para Luã, mas ele chutou mal e bola foi para fora. O São Raimundo-PA teve outra chance antes do intervalo com chute perigoso de Marcelo Maciel.
FALTA DESLEAL
Aos 13 minutos do segundo tempo, a bola sobrou para Sandro na cara do gol, que desperdiçou outra chance para o Pantera. Na parte final do duelo, o jogador Monga, do São Raimundo-RR, fez falta desleal em Guilherme Moller e foi expulso.
O adversário precisou ser levado ao hospital com suspeita de fratura na perna direita. Como já tinha feito as três substituições, o São Raimundo-PA também ficou com um a menos.
GOL NO FIM
Quando a bola voltou a rolar, o atacante Bilu invadiu a área e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti e Wendell converteu, fazendo 1 a 0 para os dos da casa. O São Raimundo-PA se fechou bem e só aguardou o apito final para comemorar a vitória.
Pagantes: 1.579 Não Pagantes: 724 (sendo 400 aposentados e crianças) Total: 2.303 Renda: R$ 28.580.00

domingo, 16 de junho de 2019

Com o tema "Mojui dos Campos: Berço de Um Povo Forte que Valoriza a Cultura e a Tradição"

A prefeitura de Mojui dos Campos realiza a décima Festa da Integração Nordestina
Dias 11, 12 e 13 de julho acontece a Festa de Integração Nordestina a 10ª edição do evento terá venda de comidas típicas e diversos shows musicais
Por: Elivaldo Burlamaqui 
A famosa Festa da Integração Nordestina de Mojui dos Campos, no oeste do Pará, está chegando com alguns dos costumes, tradições e elementos da cultura e da culinária característicos da Região Nordeste do Brasil. Esta será a 10ª edição do evento, que este ano será realizado nos dias 11, 12 e 13 de julho. A festa acontece no Campo Nogueirão, na Estrada de Rodagem bairro Esperança, com o tema, "Mojui dos Campos: Berço de Um Povo Forte que Valoriza a Cultura e a Tradição".
Além da venda de comidas típicas, a décima edição da Festa da Integração Nordestina de Mojui dos Campos contará também com seis shows. No dia 11 (quinta-feira), às 22h30 o público confere Trio Para Amar e, em seguida, Amazon Beach.
Na sexta-feira (12), às 22h o humorista, Alex Nogueira na sequência o cantor Léo Nascimento. Já no dia 13 (sábado), a festa conta com a animação de Galvão e Falcão, às 22h, seguido pela Banda Forró Anjo Azul, que sobem ao palco a partir das 23h.

sábado, 15 de junho de 2019

Colômbia vence e impõe a primeira estreia com derrota da Argentina em 40 anos


Pressionada por um jejum de títulos que data de 1993, a Argentina começou a Copa América, neste sábado, da pior maneira possível: com uma derrota, o que não acontecia numa estreia na competição havia 40 anos. Na Fonte Nova, os gols de Roger Martínez e Duván Zapata deram a vitória por 2 a 0 à Colômbia.
Colômbia venceu a Argentina por 2 a 0 na Fonte Nova Foto: RODOLFO BUHRER / REUTERS
Embora o resultado tenha sido justo, uma vez que os colombianos foram melhores — e mais letais — na maior parte do jogo, houve certa alternância de protagonismo no confronto de ontem.
A Colômbia não demorou muito a tomar conta da primeira etapa. Era o time mais intenso, que sufocava a saída de bola argentina, explorando os lados do campo.
Marcar, porém, era um desafio, já que uma sucessão de decisões equivocadas prejudicava a conclusão das jogadas. Faltou uma chance clara para Falcão Garcia.
Na volta do intervalo, a Argentina se mostrou menos apática. Antes do primeiro minuto, aproximou-se do gol em finalização de fora da área de Peres. Aos 9, uma boa trama de Aguëro virou caneta de Messi em Sánchez.
Mas, justo no momento em que parecia mais à vontade, a Argentina foi surpreendida por um golaço de Martínez na bochecha da rede, a la Cebolinha contra a Bolívia na estreia do Brasil. Nocauteada, a equipe de Scaloni ainda viu o atacante Zapata dar números finais ao confronto.
Como costuma acontecer sempre que os hermanos tropeçam, haverá questionamentos sobre o papel de Messi. Mas a verdade é que, se não resolveu ontem, o craque do Barcelona foi responsável pelas jogadas mais lúcidas do time, especialmente quando tinha a companhia de Agüero. Seus companheiros de meio-campo, porém, não estiveram à altura.
Os rivais do Grupo B voltarão a campo na quarta-feira, quando os colombianos enfrentarão o Qatar e os argentinos, o Paraguai

Messi, mais uma vez, teve pouca companhia na seleção Foto: LUISA GONZALEZ / REUTERS

ÁUDIO VAZADO DA PREFEITA DE PLACAS




Brasil engrena após VAR, faz três no 2º tempo e vence Bolívia em estreia

               
O Brasil demorou a engrenar, mas conseguiu vencer a Bolívia por 3 a 0 hoje, na abertura da Copa América, no Estádio do Morumbi. Depois de um primeiro tempo que terminou em vaias, os donos da casa conseguiram abrir o placar com um pênalti marcado pelo VAR e logo ampliaram a vantagem, em ambas as ocasiões com Philippe Coutinho. Everton completou o triunfo perto do apito final. Apesar da vitória, a partida não deixou o torcedor empolgado. Embora não tenha corrido riscos, a seleção não teve um meio-campo efetivo, contou com poucas arrancadas de David Neres e viu um Richarlison mais discreto do que nos últimos dois amistosos. O setor ofensivo melhorou com as entradas de Gabriel Jesus e Éverton - o segundo brilhou nos minutos finais.

VALDEMIRO SANTIAGO VERGONHA DA IGREJA EVANGÉLICAS

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Áudio vazado da prefeita de Placas Raquel Possiomoser coloca em cheque o Legislativo

Raquel acusa os vereadores da Câmara Municipal de Placas; Gilberto Mathias se defende 

Em um áudio vazado, ela diz que os vereadores são verdadeiros sanguessugas 

Causando muitos constrangimentos aos vereadores do município de Placas, a prefeita Raquel Possimoser permite que inúmeros questionamentos sejam feitos em relação ao seu comportamento com os parlamentares daquele município. Acusações essas que devem ser investigadas pelo Ministério Público, ao expor a credibilidade dos referidos vereadores, junto à população que os elegeu. 

- “Esses vereadores não tem que fazer, não. Eles não tem que fazer nada porque eles são os maiores sanguessugas da prefeitura. Nunca vi um diabo desses, Deus que me livre”. 
O presidente da Câmara, Gilberto Matias do MDB, diz que ela não tem nada para provar contra ele, porque ele nunca pegou um centavo dela. Diz ainda que ela quis negociar uma dívida dela com ele, pessoal e antiga, para que não “batesse” nela na câmara, como ele se comporta como oposição e diz o que ela não gosta de ouvir, a prefeita desde maio do ano passado, não paga a referida dívida. Gilberto afirma ainda a possibilidade de alguns vereadores receberem propina da prefeita, mas como corrupção não passa recibo, há dificuldades de se provar tal afirmativa. Ele tem certeza mesmo que, “ele enquanto vereador nunca pegou nada dela”, diz em entrevista ao blog do Xarope comungando da ideia de que “muitos pontos devem ser esclarecidos”. 
Nelson fez sérias acusações contra colegas vereadores
O vereador Nelson Fetisk, do Solidariedade, vai mais adiante quando diz que não tem nenhum acordo com a prefeita que beneficie a sua pessoa e nem à sua família, apenas a cobrança de algumas vicinais que estão em péssimo estado, embora afirme veementemente, que “existem sim vereadores que ganham um salário de cinco mil reais - denunciando um provável mensalinho – vereador que tem carro alugado pra prefeitura, vereador que tem esposa contratada pelo executivo, vereador que tem carro puxando aluno pra secretaria de educação...esse tipo de coisa eu sei que existe sim .... se ela tem acordo com alguns vereadores, não pode incluir a todos como sanguessugas da prefeitura, diz revoltado com o tal áudio que vazou onde a própria prefeita se condena ao afirmar abstratamente que os vereadores devem ficar caladinhos e quietinhos porque, suspeitamente, devam receber propina pra isso. Pelo menos foi o que o que ficou subentendido, causando revolta entre aqueles que aparentemente não estão incluídos nesse bojo. 
Esposa do vereador Marcione é uma das que seriam benficiada pelo mensalinho
Um exemplo do que o vereador Nelson afirmou em entrevista ao blog, por mais incrível que pareça, foi enviado à redação anonimamente, dados de remuneração de uma agente administrativo, Elenita de Sousa Rocha, lotada na secretaria de administração ganhando R$ 4. 143, 56,00, enquanto um secretário municipal ganha R$ 2.500,00 liquido. O que denota favorecimentos direcionados a esta senhora que é nada mais, nada menos, do que a esposa do vereador Marcione Rocha Ribeiro, do Democratas e fiel escudeiro da prefeita. O salário dela equivale ao salário do vice prefeito, Beto Dantas do Solidariedade, que ganha um pouquinho a mais que a apadrinhada da prefeita Raquel Possimoser. 
O conteúdo do áudio vazado é uma afronta ao ministério Público, que deve investigar um possível esquema de mensalinho entre a Prefeitura de Placas e os vereadores, como o próprio áudio da prefeita deixa em xeque. 
O áudio será encaminhado para autoridades competentes. 

Greve Geral paralisa Educação, bancos e outras classes no Pará


Em Belém e pelo interior do Estado, diversas categorias também devem aderir à Greve Geral contra a reforma da Previdência e os cortes de verbas das universidades e Institutos Federais (IFs). Até o fechamento desta edição, professores e trabalhadores da Educação, bancários e demais trabalhadores do serviço público confirmaram presença no protesto contra as mudanças que estão por vir.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Aniversário de 358 anos de Santarém terá inauguração de obras, missa tradicional e show nacional

Por Anna Karla Lima Agência Santarém
Durante a coletiva, o prefeito Nélio Aguiar anunciou o nome dos agraciados entre quais de Helder Helder Barbalho
A programação do Aniversário de 358 anos de Santarém foi apresentada na manhã desta quinta-feira (13) pelo prefeito Nélio Aguiar, durante entrevista coletiva à imprensa, realizada no auditório do Theatro Municipal Victória. 
Serão 15 dias de atividades intensas, entre elas, inaugurações de obras, entrega de equipamentos, projetos culturais, IPTU Premiado, atrações musicais de artistas locais, regionais e nacionais.
Com o tema "Santarém por todos nós" e slogan "Nosso orgulho, nosso amor é Santarém", a programação será aberta oficialmente no dia 14 de junho com oficina de cerâmica, exposições, exibição de filmes e lançamento de livro, através do projeto Encantos Tapajós.
Ao longo das atividades, serão entregues obras relevantes para a comunidade santarena: três academias ao ar livre (Nova República, Floresta e Alter do Chão); duas quadras poliesportivas (Comunidades Guaraná e São Raimundo da Palestina); um ginásio poliesportivo (Cipoal); entrega da 2ª etapa da Praça de Eventos; entrega de uma ambulância na comunidade do Tiningú; inauguração da UBS Área Verde; inauguração e ampliação de três escolas (Escola São José, Aldo Ferreira Campos e Nossa Senhora da Saúde); inauguração da Praça do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs) e entrega da UBS Fluvial Ailton Barros.

MPF pede à Justiça paralisação imediata de obra às margens do Lago Verde, em Santarém que pertence ao Vice-Presidente do TCE, Cipriano Sabino

O MPF quer que o proprietário da obra seja obrigado a demolir a construção e a promover a recuperação da área de APP, além de pagar R$ 500 mil em danos morais coletivos.

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal que obrigue a paralisação imediata da construção de um imóvel em área de preservação permanente às margens do Lago Verde, no distrito de Alter do Chão, em Santarém, no oeste do Pará. A ação foi ajuizada na segunda-feira (10).
O MPF também pediu à Justiça que o proprietário da obra, o vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), Cipriano Sabino de Oliveira Júnior, seja obrigado a demolir a construção e a promover a recuperação da área de preservação permanente degradada, além de pagar R$ 500 mil em danos morais coletivos.
“Trata-se de afrontosa invasão de área às margens de importantíssimo curso d'água, que causa sérios danos ao meio ambiente e desafia o Poder Público”, destacou na ação a procuradora da República Luisa Astarita Sangoi.
Licença
A Secretaria de Meio Ambiente de Santarém (Semma) informou ao MPF que foi concedida licença para a construção porque o solicitante apresentou projeto de tratamento de esgoto e a obra cumpriu os requisitos técnicos de engenharia civil.
Para o MPF, essa licença é ilegal e viola os princípios do direito ambiental. “Não é possível a construção em áreas de preservação permanente, devendo ser demolidas e buscar-se a reparação do dano ambiental causado”, registra a ação do MPF.
Além de estar prevista na Constituição, no Código Florestal e em resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), a obrigação de preservação de áreas de proteção permanente também é estabelecida pela legislação municipal de Santarém e no plano de utilização da Área de Proteção Ambiental de Alter do Chão.
“A conduta do requerido de construir à beira do Lago Verde, em clara área de preservação permanente, em total desrespeito aos preceitos do direito ambiental e aos princípios constitucionais aplicados à matéria ambiental, causa dano a toda a coletividade, uma vez que o direito de ter garantido o patrimônio ambiental ali localizado é de todos e deve ser salvaguardado para as futuras gerações", destacou a ação.
Plano de recuperação
Na ação, o MPF pediu à Justiça que obrigue o acusado a apresentar Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) com previsão de recuperação integral da área de preservação permanente.
Segundo o pedido do MPF, o plano deve ser elaborado por profissional habilitado, deve ser pago pelo acusado e deve ser submetido, no prazo de 30 dias, à homologação do órgão ambiental competente.
Após a homologação, a execução do plano deve ser iniciada em 30 dias, respeitando e cumprindo o cronograma imposto pelo PRAD, que deverá explicitar todas as etapas de execução, com destaque para a data exata do início dos trabalhos e prazo máximo de 120 dias para conclusão.
Se a Justiça acatar os pedidos do MPF e as determinações não forem cumpridas, a procuradora da República Luisa Astarita Sangoi pede a aplicação de multa diária ao acusado.

Agendamento para cadastro do Residencial Moaçara encerra na sexta-feira

Residencial Moaçara — Foto: Drone/TV TapajósAte nesta sexta-feira (14), o Trabalho Técnico Social (TTS) fará o agendamento para os interessados no cadastramento para o Residencial Moaçara I e II, do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, em Santarém, oeste do Pará.
Durante o agendamento a equipe informa os documentos que são necessários. 
O agendamento do cadastro é feito no prédio do TTS, localizado na Avenida Cuiabá, nº 661, bairro Laguinho, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
Para o cadastro é necessário apresentar todos os documentos abaixo relacionados (original e cópia legível)
CAD Único atualizado
Carteira de Identidade
CPF
Comprovante do estado civil (certidão de nascimento, certidão de casamento, se viúvo o atestado de óbito do cônjuge)
Comprovante de renda (formal e informal)
Comprovante de residência
Comprovante de estado de deficiência por órgão ou perito oficial (se portador de deficiência).
Critérios do Programa
Estar inscrito no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal;
Não ter imóvel próprio em seu nome ou ter sido beneficiado por algum programa habitacional do governo;
Renda familiar mensal bruta de até R$ 1.800,00
Famílias que residam em área de risco, insalubres ou que tenham sido desabrigadas;
Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar;
Famílias de que façam parte pessoas com deficiência;
Famílias moradoras do Município há mais de 5 anos;
Famílias que façam parte pessoas em situação de rua ou que recebam acompanhamento socioassistencial no Município e que constem como tal no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal - CadÚnico até 06 meses antes do processo de seleção.

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Um dos criminosos mais procurados do Pará é preso no Rio dois anos depois de fuga

Criminoso e outros três presos estariam planejando roubo a agência bancária no Rio - Divulgação/Polícia Civil
Thiago Cardoso Martins, possuía mandados de prisão por homicídios e roubos a banco e ofereceu R$50 mil aos policiais para não ser preso
Um dos criminosos mais procurados do Pará foi preso, nesta terça-feira, na Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio, dois anos após fugir do Complexo Penitenciário de Santa Izabel (CRPPI), numa fuga em massa, no nordeste do Pará. A ação conjunta entre a 22ª DP (Penha), o 16º BPM (Olaria) e a Polícia Civil do Pará resultou na prisão de Thiago Cardoso Martins que, além de estar com documentos falsos, tentou subornar os policiais com R$50 mil.
O criminoso era procurado por homicídios e roubos a bancos e estava com mandados de prisão em aberto. Dentre eles, por ter participado do assassinato de dois policiais militares em Belém. Thiago usava uma carteira nacional de habilitação com o nome de Alex Nazaré Martins para despistar a polícia e foi preso por uso de documento falso, corrupção ativa e associação ao tráfico.
Também foram presos a paraense Daniele Cristina Santos dos Santos, conhecida como Dan, o paraense Carlos Alexandre de Oliveira Rua e o carioca Leonardo Ferreira Lemos, o Gordo. Todos em flagrante por associação ao tráfico. O grupo atuaria no Rio e estariam planejando um roubo a uma agência bancária.
Além de Thiago Cardoso Martins, também foram presos Daniele Cristina Santos dos Santos, Carlos Alexandre de Oliveira Rua e Leonardo Ferreira Lemos - Divulgação/Polícia Civil

Além de Henderson Pinto, delegado Kleidson Castro indiciou à Justiça mais 3 pessoas

Resultado de imagem para delegado castro na perfuga
Delegado Castro indiciou todos os indiciados por peculatos e associação criminosa
O “governador regional” do Baixo Amazonas, Henderson Pinto, não está sozinho como indiciado no processo entregue há poucos dias pelo delegado Kleidson Castro à Justiça, em mais um desdobramento da Perfuga.
Conforme o Blog do Jeso revelou, além do “governador”, mais 3 pessoas são acusadas de peculato e associação criminosa, em um suposto esquema de funcionários fantasmas implementado na Câmara de Vereadores de Santarém nos anos de 2013 e 2014
Na época, Henderson Pinto presidia a Casa.
Os indicados, com base num farto lastro de “indícios de autoria e prova da materialidade dos crimes”, conforme destacou Kleidson Castro, são:
— • Henderson Pinto, ex-presidente da Câmara de Vereadores (2013-2014); — • Andrew Oliveira Silva, o delator do esquema, ex-chefe do Setor de RH da Câmara; — • Thayana Crisley Lira da Silva, e — • Noelma Ferreira Lira, servidora da Câmara de Vereadores de Santarém. É prima de Henderson. 

Polícia apura mais um crime praticado em Rurópolis, região Oeste do Pará

A Polícia Civil de Rurópolis, instaurou mais um inquérito policial para apurar a autoria de mais um crime de homicídio na cidade que mais se mata na região Oeste do Pará nos últimos 2 anos. 
O crime ocorreu na madrugada desta terça-feira (11), quando um homem foi morto a facadas, na área da feira livre, localizada às margens da BR-230. 
O corpo foi localizado pelo vigilante do local, que de imediato acionou a Polícia Militar, que se deparou com o corpo de um homem de cor negra, meio calvo, aparentando ter aproximadamente 45 anos de idade, barbado, trajando apenas calça comprida, e apresentando um ferimento abaixo do peito direito e outro nas costas, aparentemente provocado por um objeto perfuro-cortante. 
Em diligências policiais encontraram uma faca do tipo peixeira, bastante enferrujada e suja de sangue, que possivelmente tenha sido usada para cometer o crime. No local havia uma motocicleta Honda XLR de cor branca que segundo informes pertencia à vítima. 
De acordo com relatos, a vítima era conhecido apenas pela alcunha de “Negão” e teria vindo da região do garimpo Crepurizão, no município de Itaituba.

No interior do Pará, terceiro presidente do mesmo sindicato é assassinado em 34 anos


Carlos Cabral foi alvejado quatro vezes e morreu no caminho para o hospital municipal de Rio Maria / Foto: Divulgação
Todos os homicídios foram em Rio Maria, cidade conhecida como "A terra da morte anunciada"
Na tarde desta terça-feira (11), Carlos Cabral Pereira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Rio Maria, na região sudeste do Pará, foi assassinado. De acordo com testemunhas, dois homens em uma moto preta teriam disparado contra o ativista. Fontes da Comissão Pastoral da Terra (CPT) confirmaram o homicídio.
Cabral foi atingido por quatro tiros, dois desses na cabeça e morreu a caminho do hospital municipal de Rio Maria. O ativista já havia sido alvo de um atentado, em 1991, quando também foi baleado em uma emboscada.
Histórico de mortes
Em 18 de dezembro de 1985, o trabalhador rural e militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) João Canuto, foi brutalmente assassinado com 12 tiros. Dois fazendeiros da região foram julgados e condenados pelo homicídio: Adilson Carvalho Laranjeira, prefeito de Rio Maria na época, e Vantuir Gonçalves.
Quase seis anos depois, em fevereiro de 1991, o sucessor de João Canuto na presidência do STR, Expedito Ribeiro de Souza, também foi assassinado. O mandante foi o fazendeiro Jerônimo Alves do Amorim, condenado a 19 anos de prisão.
Todos os homicídios aconteceram na cidade de Rio Maria, que passou a ser informalmente tratada como "a terra da morte anunciada". 
O Brasil de Fato tentou contato com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará para apurar as circunstâncias do atentado sofrido por Carlos Cabral. Até o fechamento desta matéria, não houve retorno.
Edição: Rodrigo Chagas

Polícia apreende mais de 80kg de drogas em Santarém

Além do entorpecente, a polícia apreendeu três veículos. A droga será periciada e incinerada.
A Polícia Federal fez nesta terça-feira (11) a apreensão de um veículo em Santarém, oeste do Pará, contendo 89kg de pasta base de cocaína. Um homem que estava de posse da droga foi preso em flagrante, e após ser ouvido na delegacia da PF, foi encaminhado à penitenciária de Cucurunã.
Segundo a PF, após a prisão do suspeito e a apreensão do entorpecente, diligências foram realizadas em endereços ligados ao responsável pelo transporte da droga, para o cumprimento de três mandados de busca e apreensão.
Foram apreendidos outros dois veículos. O material entorpecente foi levado para a delegacia da Polícia Federal, será periciado, e posteriormente, após autorização da Justiça, será incinerado.
A ação contou com a participação de cerca de 12 policiais, e foi resultado de investigações que já vinham sendo realizadas pela PF.
Droga apreendida em Santarém já está na delegacia da Polícia Federal — Foto: PF/Divulgação

terça-feira, 11 de junho de 2019

Procuradora quer anular a anulação e pede dosagem da pena ao ex-deputado

O embargo de Ubiragilda diz que não houve fundamentação no voto de Edwiges
A procuradora de justiça Ubiragilda Pimentel ingressou com embargo de declaração para modificar a decisão por 2 votos a 1, na Turma de Direito Penal, que em abril passado, com os votos dos desembargadores Mairton Carneiro e Edwiges Lobato, anularam a condenação do ex-deputado e empresário Luiz Sefer, zerando o processo. O voto a favor da apreciação apenas da dosagem da pena foi do desembargador Leonam Cruz Junior.

Suspeito de matar advogado no Pará diz que recebeu ordens de dentro da prisão



O preso Douglas Wendel dos Santos, 19, suspeito de executar um advogado em Novo Repartimento, sudeste do Pará, disse à Polícia que agiu a mando de uma facção criminosa e que recebeu ordens vindas de dentro da prisão. O suspeito foi transferido e chegou a Belém na tarde desta segunda (10).
João Vieira Bezerra foi assassinado a tiros no último sábado (8) na porta da casa onde morava. A vítima foi atingida com três tiros, sendo um no rosto e dois nas costas. Ele morreu no local do crime.
A prisão de Douglas ocorreu no domingo (9) em Tucuruí. Ele foi encontrado na casa dele pela Polícia e alegou ter sido contratado para matar o advogado. Em depoimento, disse que o advogado foi morto por não conseguir a soltura de alguns membros da associação criminosa.

Parceria entre Governo do Estado e banco chinês vai beneficiar municípios na área de influência da BR-163

Governador Helder Barbalho em reunião com representantes do banco chinês, em Belém — Foto: Agência Pará/Divulgação
Placas, Rurópolis e Uruará estão entre os municípios que serão contemplados com melhorias.

Uma reunião entre o governador Helder Barbalho (MDB), representantes do New Development Bank (NDB), banco multilateral com sede na China, tratou nesta segunda-feira (10), no Palácio do Governo, em Belém, tratou sobre um contrato para empréstimo de US$ 50 milhões ao estado do Pará. Os recursos serão aplicados em municípios da área de influência da rodovia BR-163 (Cuiabá-Santarém).
Entre os municípios que serão beneficiados com a execução de obras de drenagem e pavimentação, estão: Anapu, Pacajá, Porto de Moz, Itaituba, Novo Progresso, Trairão, Placas, Rurópolis, Uruará, Brasil Novo, Medicilândia e Senador José Porfírio.
O vice-presidente de operações do banco, Xian Zhu, explicou que as obras devem ter início no mês de julho. Além disso, na reunião desta segunda-feira, foram discutidas possibilidades de novas parcerias, sobretudo no setor de rodovias, para melhorar a logística e, consequentemente, reduzir os custos da produção no Estado.
"Estamos bastante animados com as perspectivas de novos projetos com o governo do Pará. Já estamos trabalhando no convênio que vai beneficiar os municípios da Transamazônica, por meio dos quais vamos financiar pavimentação e drenagem para eles", resumiu Xian Zhu.
O New Development Bank visa a resposta à necessidade de financiamento de projetos de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável em países que constituem o "BRICS" (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), termo utilizado para designar o grupo de países de economias emergentes.

MPF abre investigação para apurar regularidade do licenciamento de terminal portuário em Santarém

Obras do porto da Atem's: licenciamento será investigado (foto: arquivo MPF)


Estão em andamento, mas não houve audiência pública e consulta prévia, livre e informada, aponta denúncia encaminhada ao MPF
O Ministério Público Federal (MPF) instaurou investigação para apurar a regularidade do licenciamento ambiental do terminal portuário de uso privado da empresa Atem’s Distribuidora de Petróleo em instalação no Lago do Maicá, em Santarém, no oeste do Pará. 
Também serão investigadas denúncia de inexistência da consulta prévia, livre e informada aos grupos potencialmente afetados, conforme determina a Convenção nº 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), e possível ato de improbidade administrativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) pela não realização da consulta. 

segunda-feira, 10 de junho de 2019

OAB pede afastamento de Moro e Deltan

Para o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, a troca de colaborações entre Moro e Dallagnol põe em xeque a equidistância da Justiça
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) vai recomendar o afastamento temporário de suas funções do ministro da Justiça, Sergio Moro, do coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, e dos demais procuradores da República citados na série de reportagens do The Intercept Brasil o encerramento das investigações sobre o vazamento troca de mensagens. 

Promotoria denuncia mulheres que agrediram criança dentro de clínica

Dona da clínica Fazendinha e terapeuta ocupacional são acusadas por tortura a garoto autista de 10 anos
O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) ofereceu à Justiça, nesta segunda-feira (10), denúncia criminal contra Manoela Caroline Pinheiro da Costa e Marcileia Pinheiro da Costa, acusadas de crime de tortura contra uma criança autista de 10 anos. A violência foi praticada dentro do Centro Terapêutico Fazendinha, instalado em Castanhal. O local continua com atividades suspensas preventivamente.
A autora da denúncia é a promotora de Justiça Priscilla Tereza Moreira, responsável pela Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Castanhal. Ela se baseou em inquérito policial e em inquérito cível instaurado pelo MPPA para apurar o caso. O episódio veio a público em maio passado depois que um vídeo mostrou a terapeuta ocupacional Manoela Pinheiro, filha da proprietária da Fazendinha, agredindo um garoto de 10 anos de idade, diagnosticado com autismo. A dona do estabelecimento, Marcileia Pinheiro da Costa, também aparece no vídeo munida de um cinto, fazendo ameaças e promovendo violência psicológica ao menino, que começa a chamar pela mãe.
Após análise das provas coletadas pela Polícia, a promotora verificou que as condutas de violência física e psicológica praticadas pelas denunciadas, tendo o seu ápice no dia 21 de maio de 2019, causaram intenso sofrimento à vítima, em dissonância a proposta de atendimento preconizada pela equipe de atendimento da vítima e serviço realizado por terapeutas ocupacionais.
A promotora caracterizou a conduta da terapeuta ocupacional Manoela Pinheiro e de sua mãe, Marcileia Pinheiro, proprietária da Fazendinha, como crime de tortura, previsto na lei 9.455, de 1997. A pena para os condenados por esta prática pode ser a prisão por dois a oito anos, com possibilidade de aumento da pena de um sexto até um terço. Pela lei, o crime de tortura é inafiançável e não pode ser anistiado.
“A vítima foi submetida a situações de violência física e psicológica que lhe causaram intenso sofrimento e constrangimento, durante atendimento de terapia ocupacional, por pessoas que ofereceram seus serviços com o intuito de melhorar a qualidade de vida da vítima, local onde a vítima deveria ser acolhida, cuidada e receber atendimento que pudesse melhorar suas habilidades sociais, ao invés de ter seus direitos violados de forma desumana e cruel”, argumenta a promotora Priscilla Tereza na denúncia oferecida à Justiça.
Segundo a promotora, destaca-se que o dolo das denunciadas, de agir com o intuito de provocar intenso sofrimento à vítima, além de humilhação, restou evidenciado através do comportamento de ambas, que já vinham apresentando há algum tempo, aproximadamente desde o início do mês de maio, sem qualquer inibição da presença de terceiros, condutas incompatíveis com o serviço proposto de terapia ocupacional. “Elas evidenciaram uma atitude de intolerância, raiva e agressividade desnecessárias contra uma criança extremamente vulnerável, seja através de gritos, xingamentos, ameaças e agressão física”, completou.
Relembre o caso
Em 23 de maio circulou nas redes sociais um vídeo em que a terapeuta ocupacional Manoela Pinheiro, filha da proprietária da Fazendinha, agride um garoto de 10 anos de idade, diagnosticado com autismo. Nas imagens, Manoela Pinheiro dá um tapa e grita com a criança. Em seguida, a proprietária do estabelecimento, Marcileia Pinheiro da Costa, munida de um cinto, passa a fazer ameaças e promover violência psicológica ao menino, que começa a chamar pela mãe.
O garoto estava há cerca de um ano em tratamento no centro terapêutico. As imagens foram feitas por uma pedagoga, que acompanha a criança como facilitadora no tratamento de autismo. Em depoimento à polícia, a pedagoga afirmou que já havia presenciado atos de violência física e psicológica praticados por Manoela Pinheiro e Marcileia Pinheiro contra o menino. A pedagoga assegura que em todas as vezes que tentou intervir, Manoela reagiu com muita rispidez.
Um levantamento preliminar de informações feito pelo MPPA identificou que o centro terapêutico funciona na residência da proprietária, Marcileia Pinheiro. O centro está em atividade desde 2014. O estabelecimento não possui registro na Vigilância Sanitária de Castanhal, já tendo recebido um auto de infração, e nem alvará de funcionamento expedido pela prefeitura.
Texto: Fernando Alves

Policia indicia Henderson Pinto " governador regional" por peculato e associação criminosa

Herderson Pinto do MDB na mira da perfuga 
Por Jeso Carneiro
A Polícia Civil do Pará indiciou o “governador regional” do Baixo Amazonas e vereador licenciado de Santarém, Henderson Pinto (MDB), e mais 4 pessoas por supostos crimes de peculato e associação criminosa no âmbito da operação Perfuga.

A investigação, a cargo do delegado Kleidson Castro e abastecida pela delação de Andrew Oliveira da Silva, ex-chefe de RH (Recursos Humanos) da Câmara de Vereadores de Santarém, mira a contratação de funcionários fantasmas pela Casa na época em que Henderson a presidiu entre nos anos de 2013 e 2014.
O inquérito, sob sigilo, foi encaminhado pela polícia à Justiça, segundo revelou uma fonte anônima ao Blog do Jeso. O caso tramita na 2ª Vara Criminal.
O juiz titular da vara, Rômulo Nogueira de Brito, conforme a fonte, já teria encaminhado o inquérito para o Ministério Público do Pará, que deverá ajuizar (ou não) denúncia criminal contra os indiciados.
Em novembro do ano passado, a Justiça bloqueou parte dos bens de Henderson (até R$ 56 mil), a pedido do Ministério Público, por conta de um outro processo no âmbito da Perfuga. 
Nele, o coordenador do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas é acusado de fraude à licitação e peculato, fatos supostamente ocorridos também quando ele presidiu a Câmara.
Andrew Silva, delator dos crimes praticados por Henderson Pinto

Prefeita de Placas Raquel Possimoser mostra a sua linda mansão de meio milhão de reais: “ De onde veio esse dinheiro?”

As informações são de que a prefeita teria gasto cerca de 550 mil reais em sua nova residência, após a  sua separação do ex-prefeito Negão Brandão 
No ano de 2017, Raquel Possimoser, entrou pra historia como a primeira mulher eleita prefeita no município de Placas. Uma grande festa e muitas alegrias reacendidas pela nova esperança que ela representava naquele momento, foi feita pela população. 
Dois anos se passaram e é provável afirmar que hoje ela obtém um alto índice de rejeição popular por conta da decepção promovida pelas vaidades e ambição desmedidas, deixando a população a mercê de seus direitos e elementos necessários à sobrevivência de centenas de famílias na zona rural e urbana. 
E possível afirmar a existência de corrupção naquele município? E possível dizer que toda ação política está voltada apenas para os interesses pessoais da prefeita? Que a maioria dos vereadores alheios ao grande descaso sofrido pela população se permite ao descalabro de apenas dar sustentação, sem cumprir seu verdadeiro papel ? 
Poderíamos dizer sim para todas essas perguntas, mas não temos provas para afirmar contundentemente, pois o que temos pra hoje não passam de questionamento que aguardamos ansiosamente pelas respostas do Ministério Publico. Ele sim questiona e responde. Ainda assim, o nosso desejo de colaboração é inerente à ânsia de respostas concretas. 
Por exemplo, como a prefeita conseguiu construir uma mansão de mais de meio milhão de reais se ela ganha cinco mil reais por mês, o que daria 60 mil reais por ano? A prefeita que agora trocou o sobrenome Brandão para Possimoser, afirma que “juntou dinheiro”, que “economizou” , mas as pessoas assustadas questionam como seria possível isso, já que fazendo contas bem assim por alto, em dois anos ela ganharia da prefeitura 120 mil reais? Acontece que a casa esta sendo avaliada em mais de meio milhão de reais, isso sem falar nos lindos moveis planejados que ocupam a nova mansão, que custaram por volta de 270 mil reais. O que somaria cerca de 800 mil a totalidade. De onde veio esse dinheiro? Será que ela ganhou na mega sena e ninguém ficou sabendo? 
Prefeita Raquel  Possimoser
Enquanto isso, o município desaba ladeira abaixo com os fornecedores atrasados, municipalismo jogado as traças, sem respeito e nem pagamento. A cidade inteira parece mais uma vitima de bombardeios terroristas. Totalmente acabada e destruída, por falta de infra-estrutura adequada. Crianças sem merenda escolar caminham horas pra chegar às escolas por falta de transporte. Um descaso total, mas a Prefeita no alto de seu salto e embaixo de quilos de maquiagem, ainda vocifera ética e honestidade, arrotando a grandeza de sua mansão e outros imóveis que possui, na cara do povo, que já nem mais espera pelas migalhas que caem de sua mesa.
Por Caco Sousa

Morador de rua é assassinado a pauladas em Novo Progresso

MORDAOR RUA 1Um morador de rua foi assassinado a pauladas na madrugada deste domingo (09) em Novo Progresso, Segundo a policia ele vivia na rua, não tinha documentos, aparenta ter entre 58/60 anos, havia perfuração na cabeça possível que a paulada com prego atingiu a vitima que veio óbito no local. A Vitima aguarda por reconhecimento, ao contrario será sepultado como indigente.
O crime aconteceu na Rua Santa Ana no bairro Pires de Lima, em Novo Progresso.
A polícia investiga o caso e a motivação do crime ainda é desconhecida.
O caso foi registrado no DEPOL de Novo Progresso.
Blog do Xarope com informação da Folha do Progresso
MORDAOR RUA

Chefs se emocionam no encerramento da 3ª Edição do Cozinha Tapajós em Alter do Chão

Secretário de Turismo, Diego Pinho e Prefeito Nélio Aguiar em visita aos estandes (Foto: Júnior Aguiar)
Organizado pelo Chef Saulo Jennings, com a curadoria do coletivo Soul Kitchen e parceria da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), o Festival Gastronômico "Cozinha Tapajós" encerrou a programação no sábado (8), com uma grande troca de conhecimentos em praça pública. O evento contou com presença de renomados Chefs da Gastronomia brasileira que utilizaram ingredientes da culinária tapajônica em suas aulas.

O Cozinha Tapajós foi bem prestigiado pela população santarena, na Praça 7 de Setembro, na Vila Balneária de Alter do Chão. O evento que iniciou na quarta-feira (5) promoveu debates, intercâmbio, aulas entre profissionais e a comunidade santarena, sobre a importância da valorização da culinária tapajônica, melhor aproveitamento dos alimentos locais e o fomento do turismo na região.
O Chef Ivo Faria, o primeiro cozinheiro a se apresentar na noite de encerramento falou sobre sua experiência no Cozinha Tapajós e mencionou que o tucupi é o ingrediente mais importante da culinária do Tapajós. "Missão cumprida. Foi muito bom, hoje tivemos um grande número de pessoas prestigiando o Cozinha Tapajós.

Homem acusado pelo assassinato de advogado é preso em Novo Repartimento

Na noite deste domingo, 9, a Polícia Civil prendeu o suspeito pela morte do advogado João Vieira Bezerra, assassinado na noite de sábado, 8, em Novo Repartimento, Sudeste do Pará. O acusado foi identificado como Douglas Wendell dos Santos, de 19 anos.
O acusado confessou o crime e revelou os detalhes da sua conduta. Com ele, foram encontrados alguns objetos pessoais da vítima e a quantia em dinheiro de R$ 1.210.
A ação policial contou com a participação de policiais civis da Superintendência Regional do Lago, das Delegacias de Breu Branco e de Novo Repartimento, além dos Núcleo de Apoio à Investigação.

Homem que matou o ator Rafael Miguel e seus pais está foragido

O acusado pela morte do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e seus pais, João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50, é o sogro do ator, Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, que está foragido. O crime aconteceu na noite deste domingo, 9.
De acordo com pessoas ligadas à família, Paulo fugiu após os disparos e cometeu o crime por ciúmes da filha. A menina era obrigada a ficar trancada em casa e a não se relacionar com outras pessoas. Hoje, após se sentir mal, Isabela, a namorada de Rafael, recebeu a visita e o carinho do namorado e dos sogros. Segundo testemunhas, Paulo não gostou e atirou nos três em São Paulo.
Rafael ficou conhecido nacionalmente quando estrelou um popular comercial no qual fazia birra ao pedir brócolis para a mãe no supermercado. Anos depois, deu vida ao personagem Paçoca, no último remake de “Chiquititas”, no SBT. Na TV Globo, chegou a atuar em “Pé na Jaca”, como o Percival, em 2007.