segunda-feira, 22 de julho de 2019

Prefeitura de Anapú esclarece sobre supostas irregularidades de funcionários fantasmas na Secretaria de Saúde do Município.

Após tomarem conhecimento através da imprensa sobre denuncias de possíveis fraudes operadas no município de Anapu de acordo com a manifestação 20190053905, protocolada no Ministério Público Federal (MPF) de Altamira, o prefeito Aelton Fonseca Silva e sua secretária de Saúde Adriana Marques Fernandes, fizeram esclarecimento a população através de um vídeo, e encaminhado ao Blog do Xarope, detalhando as acusações, que segundo eles, é vazia e que não condiz com a verdade. Veja o vídeo! 

Audiência do caso Davi Amaral é suspensa por ausências de réu e testemunha do Distrito Federal

Arisson Sá Pedroso é assassino confesso do caso Davi Amaral — Foto: Sílvia Vieira/G1
Arisson Sá Pedroso é assassino confesso do caso Davi Amaral — Foto: Sílvia Vieira/G1
A audiência de instrução e julgamento para ouvir testemunhas e réu confesso do caso Davi Amaral foi suspensa e adiada no Fórum da Comarca de Santarém, no oeste do Pará. O procedimento, iniciado nesta segunda-feira (22), é necessário para saber se o réu seguirá para júri popular ou não.

Fantástico mostra esquema de fraudes que movimenta 20 toneladas de ouro e R$ 3 bilhões ao ano nos garimpos do Rio Tapajós

A extração de ouro no Brasil atingiu a marca de 70 toneladas em 2018. Entretanto, de acordo com a Agência Nacional de Mineração, outras 20 toneladas foram extraídas de maneira irregular, o equivalente a cerca de R$ 3 bilhões.
Um esquema criminoso na Amazônia, posto em prática por garimpeiros ilegais e empresas autorizadas a atuarem no mercado de metais preciosos, vem movimenando milhões de reais. 
De acordo com reportagem do Fantástico, da TV Globo, as pedras são extraídas de forma ilegal da Bacia do Rio Tapajós, no Pará, e no último ano foram responsáveis por movimentar 20 toneladas pelas contas da Agência Nacional da Mineração (ANM) , com valor equivalente a R$ 3 bilhões.
Segundo a reportagem, funcionários de instituições financeiras, autorizadas a negociar o minério, passaram a comprar ouro sem o documento que comprova a origem legal do minério. Neste etapa do processo que o Ministério Público e a Polícia Federal descobriram a fraude milionária.
Ainda de acordo com o Fantástico, na Bacía do Rio Tapajós existem 850 garimpos legais e cerca 2 mil ilegais, mais que o dobro. Por satélite a Polícia Federal monitora as marcas deixadas pela atividade garimpeira ilegal. 
A economia do município de Itaituba, por exemplo, é baseada em pagamentos com ouro. Até pagamentos corriqueiros, para uma cozinheira, por exemplo, são feitos com ouro.
No ano passado, a extração legalizada de outro no país atingiu a marca de 70 toneladas. No entanto, o mercado clandestino movimenta outras 20 toneladas pelas contas da Agência Nacional da Mineração (ANM). Ou seja, mais de R$ 3 bilhões que não são declarados, e que vão direto para o bolso de quem explora ilegalmente a Amazônia.
De acordo com a reportagem, 30% dos garimpos não declaram o relatório anual de lavras.
- A multa mais alta, não só para garimpo, como também para uma grande mineração, como os desatres de Brumadinho e Mariana, é de R$ 3.500 - diz Eduardo Leão, diretor da Agência Nacional de Mineração.
Governo federal vai propor que garimpos sejam legalizados no PA
A reportagem do jornal O Globo informa: "questionado pela imprensa sobre detalhes do tema, Bolsonaro afirmou que o projeto "vai casar a exploração com a questão ambiental. 'Eu não vou legalizar. Vamos entrar com um projeto para legalizar. O governo vai entrar. O garimpeiro é um cidadão, merece respeito, consideração, e obviamente a gente vai casar a exploração com a questão ambiental e botar um ponto final no mercúrio'."
A matéria ainda destaca que "o garimpo de ouro libera mercúrio para o meio ambiente, por isso a autorização de áreas para exploração necessita de detalhados estudos ambientais. Uma audiência pública realizada na Câmara dos Deputados em abril debateu problemas na região do rio Tapajós decorrente da exploração ilegal de ouro."
Blog do Xarope via Pará News

Denúncia de esquema fraudulento de servidores fantasmas no município de Anapu já está nas mãos do Ministério Público Federal

Secretaria seria o palco das possíveis fraudes operadas no município de Anapu
São fatos gravíssimos e no centro das atenções o prefeito da cidade Aelton Fonseca Silva e sua secretária de Saúde Adriana Marques Fernandes
De acordo com a manifestação 20190053905, protocolada no Ministério Público Federal (MPF) de Altamira, são diversas as possíveis fraudes operadas no município de Anapu.
Segundo a manifestação apresentada ao MPF, a maioria das irregularidades estariam acontecendo no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, com um esquema de funcionários fantasmas que estaria operando desde o ano de 2017. 
A documentação cita, por exemplo, que profissionais que constam no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) nunca atuaram nas respectivas funções. São profissionais como: Fisioterapeuta, Assistente Social, Farmacêutica, Oftalmologista, Nutricionista, Técnicos e enfermeiros. 
Ainda de acordo com a denúncia, médicos estariam sendo pago para atuar o mês inteiro, porém, atendem os pacientes apenas alguns dias. 
Outras supostas irregularidades que a manifestação expõe, são os números excessivos de diárias pagas a alguns servidores, com valores fora da realidade prevista na legislação. Também, segundo o relato de um Agente Comunitário de Saúde (ACS) que trabalha como motorista. 
ÓRGÃOS DE FACHADA: Há relatos ainda, da possibilidade da existência de órgãos municipais que não prestam qualquer tipo de atendimento à população, mas constam no CNES, com o objetivo de arregimentar mais recursos do Ministério da Saúde (MS), e cita o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e o Serviço de Assistência Especializada (SAE), como exemplo. 
Nossa equipe tentou localizar o prefeito da cidade
Aelton Fonseca Silva por várias vezes, mas ele não atendeu as ligações. 
O esquema estaria sendo operando desde o ano de 2017.

domingo, 21 de julho de 2019

Incêndio de grandes proporções destrói casas em Itaituba

Incêndio de grandes proporções destrói casas em Itaituba pelo menos três residências do Bairro Vila Nova, às margens do Rio Tapajós, no município de Itaituba, na Região Sudeste do Pará, foram destruídas por um incêndio de grandes proporções na manhã deste sábado, 20.
O fogo teria começado em uma casa que, segundo relatos de moradores, era utilizada por usuários de drogas. Os próprios moradores tentaram apagar controlar as chamas até a chegada dos Bombeiros, mas não obtiveram êxito. As chamas se alastraram rapidamente e as casas foram totalmente destruídas. 
O 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar do município só conseguiu controlar o incêndio após cerca de 30 minutos. 
Blog do Xarope via  Giro Portal.

Bandidos invadem casa e matam PM em Benevides

pm moDe acordo com as primeiras informações levantadas pelos agentes, o policial estava na casa de uma amiga quando dois homens invadiram o imóvel e fizeram pelo menos cinco disparos contra a vítima, que morreu no local.
Os assassinos fugiram logo em seguida em uma motocicleta. A Polícia Militar informou que mobilizou viaturas para fazer as buscas pelos criminosos.

sexta-feira, 19 de julho de 2019

MPF é acionado sobre possível esquema de servidores fantasmas em Anapu


De acordo com a manifestação 20190053905, protocolada no Ministério Público Federal (MPF) de Altamira, na terça-feira (16), são diversas as possíveis fraudes operadas no município de Anapu.
Segundo a manifestação apresentada ao MPF, a maioria das irregularidades estariam acontecendo no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, com um esquema de funcionários fantasmas que estaria operando desde o ano de 2017.

Com irmãos e esposa presos, ex-governador e Senador Omar Aziz está proibido de deixar o País, informa PF

A assessoria de imprensa do senador informou que em breve se posicionará sobre o caso
O senador Omar Aziz, um dos alvos da operação Vertex, deflagrada hoje pela Polícia Federal e Ministério Público Federal e que culminou na prisão da esposa dele, Nejmi Aziz, e de três de seus irmãos, não poderá se comunicar com os outros investigados e está proibido de deixar o País.
A informação foi divulgada hoje pelo delegado federal Alexandre Teixeira, responsável pelas investigações que fazem parte de um desdobramento da operação Maus Caminhos, que desde 2016 apura desvios de recursos públicos no sistema de Saúde do Amazonas. 

Prefeitura de Santarém avança com serviços de terraplanagem na região do Corta Corda

Terraplenagem vai facilitar escoamento da produção na região.A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca Semap), dá continuidade aos serviços de terraplenagem na região do Corta Corda. Nesta semana, uma frente de serviço da pasta iniciou os trabalhos de arruamento e piçarramento na comunidade Cícero Mendes. A ação faz parte do planejamento da Secretaria que visa manter todas as estradas rurais do Município em condições de trafegabilidade.
Secretário Bruno Costa inspecionou as obras.O Secretário de Agricultura e Pesca, Bruno Costa, esteve na quarta-feira (17) vistoriando os serviços na comunidade, acompanhado dos moradores.

Prefeitura de Rurópolis aproveita verão amazônico e intensifica a recuperação da malha viária do município


A Prefeitura de Rurópolis intensifica a recuperação da malha viária do município, na segunda-feira 15/07, deu inicio aos trabalhos na vicinal do 75 sul, pelo menos três máquinas fazem os trabalhos de reabertura da mesma ao mesmo tempo que fazem também a colocação de cascalho para facilitar o trânsito dos veículos. 
A preocupação do Prefeito Joselino Padilha Taká, é dar trafegabilidade a todas as vicinais pra que ás pessoas possam ter o seu direito de ir e vir respeitado, garantindo o acesso ás propriedades e a retirada da produção do homem trabalhador, " temos que valorizar quem trabalha e põe o pão em nossas mesas" disse Taká ao se referir os trabalhos que vem sendo realizado.

Elementos disparam vários tiros contra o prédio da delegacia de Oriximinã, o atentado seria uma represália ao delegado da cidade

A ação seria intimidar o Delegado Fonseca 
Por voltas das 22hs desta quinta-feira aconteceu um atentado na delegacia de polícia de Oriximiná. Segundo as informações de agentes plantonista três elementos em uma moto Fan de cor preta abriram fogo contra o prédio da delegacia de polícia, efetuando oito disparos que atingiram a porta de recepção e o prédio. 
Os elementos ainda efetuaram três disparos na esquina próximo a delegacia fugindo em seguida em direção ao bairro do Penta.
Cartuchos vazios que ficaram próximo a delegacia
O delegado William Fonseca pode ter sido o alvo dos disparos. O fato pode ter sido uma represália ao policial que ultimamente fez várias prisões de traficantes que agia na cidade, inclusive incomodando chefões do trafico nessa cidade. Numa entrevista o delegado afirmou que se ação foi uma forma de intimidá-lo, o efeito será totalmente ao contrario. 
"Se a afronta foi me intimidar a mim e a corporação da policia que vem combatendo o trafico de droga, o efeito vai ser totalmente contrário. Eu não vou me intimidar. Ai é que eu vou pra cima. É uma afronta contra todas as pessoas de bem da cidade. O crime não vai prevalecer em Oriximiná", disparou o delegado.
Os tiros atingiram parte do prédio da delegacia 

Homem mata a esposa em Monte Alegre, e se entrega a polícia

Na madrugada desta sexta feira, 5/07, por volta das 4h, um homem tirou a vida da esposa com um tiro na cabeça, após uma discussão, no bairro Pajuçara, município de Monte Alegre.
Segundo informações da policia, Rubervan Farias Lobo, iniciou uma discussão com a esposa, Isabela Henrique Gama Lobo, até o momento não se sabe o motivo, mas o rapaz em momento de fúria agrediu a mulher fisicamente e depois deu um tiro no olho, provocando óbito ainda no local.
Após Rubervan cometer o crime, ele deixou a arma no local, em seguida levou seu filho e entregou a seu sogro (pai da vítima), e comunicou que teria atirado na esposa após uma discussão. 
O pai da vítima, acionou a Polícia Militar. Rubervan evadiu-se do local do crime, mas foi até o 18º BPM de Monte Alegre e se entregou à polícia comunicando que teria cometido o crime. O investigador Maurão da Polícia Civil, iniciou as investigações logo após o crime.
Rubervan Lobo é filho de um ex-pastor da igreja evangélica Assembleia de Deus, pastor Rubens. O casal apresentava levar uma vida conjugal normal e feliz. Os familiares da vítima não querem falar sobre o crime no momento.
Blog do Xarope via Blog do Otto

Bandidos atacam caixa eletrônico do Bradesco em Vitória do Xingu

A ação dos criminosos aconteceu durante a madrugada. Por volta das 2h30, desta quinta-feira.
A Polícia Civil do município foi acionada e se deslocou para o local, com apoio da Polícia Militar, mas não conseguiram capturar os bandidos. Na manhã de hoje, o delegado Lindoval Borges e peritos devem realizar a investigação detalhada.
Vitória do Xingu é um município bastante calmo, com pouca violência, por isso o fato chamou a atenção da população. 
Segundo informações que circulam na cidade, os ladrões não levaram nada. 

Encontro discute combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

Imagem relacionadaA ação ocorrerá na comunidade Lawtom e tem como objetivo orientar e estimular denúncias formais de casos de violência
A promotora de Justiça Patrícia Medrado Assmann, respondendo pelo 3º cargo da Promotoria de Justiça de Breves, em atuação conjunta com o promotor de Justiça João Batista Cavaleiro de Macedo Junior, titular do 2º cargo da promotoria de Breves, e a promotora de Justiça Vanessa Galvão Herculano, titular do 1º cargo da promotoria de Breves realizarão no dia 20 de agosto o encontro denominado “Diálogos do MPPA com a rede de garantia de direitos da criança e do adolescente no combate à violência sexual no arquipélago do Marajó”.

A pedido do MP, ex-secretário, hospital e empresas têm bens bloqueados; Valores ultrapassam 6 milhões de reais

O motivo do bloqueio é a não comprovação de gastos de recursos públicos em 2013
Acatando ao pedido do MPPA, feito pelo promotor Sávio Ramon Batista da Silva por meio de Ação Civil Pública (ACP), a justiça proferiu decisão onde decreta a indisponibilidade de bens do ex-secretário de saúde de Jacundá Marcos Antônio Eleuterio Filho; da empresa Costa e Costa Construções e Serviços; do Hospital Samaritano de Jacundá; e das pessoas jurídicas Djania S. Oliveira – EPP e Railda Santos Cordeiro por improbidade administrativa. Somados os valores bloqueados ultrapassam 6 milhões de reais.

Grupo Jari protocola pedido de recuperação judicial no Pará

Resultado de imagem para Grupo Jari protocola pedido de recuperação judicial no ParáO Grupo Jari Celulose, que atua no Pará e Amapá, propôs pedido de recuperação à Justiça do Estado do Pará. Com uma dívida de mais de R$ 2.4 bilhões, a Jari Celulose é composta por 25 empresas, que desenvolvem as mais diversas atividades econômicas, desde o plantio e manejo de madeira cultivada, beneficiamento, transformação, industrialização e comercialização de celulose, até a mineração, energia, exploração florestal, entre outros. 

Motorista de caminhonete que se envolveu em acidente no Maracanã usava documento falso, diz polícia

CNH apresentada por motorista de caminhonete envolvido em acidente — Foto: DivulgaçãoDe acordo com a polícia, o homem confessou em depoimento que ‘comprou’ CNH em Belém. Acidente fatal aconteceu no fim da manhã nesta quinta-feira (18).
O motorista Antonio Carlos Maia Gomes, 54 anos, que se envolveu em um acidente no bairro Maracanã em Santarém, oeste do Pará, no final da manhã desta quinta-feira (18), tirando a vida do jovem José Orlando da Mota Santos, 21 anos, usava Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Flávio Dino: A pior corrupção é a da desigualdade social

Resultado de imagem para governador Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão
The Intercept Brasil publicou nesta quarta-feira (17) entrevista com o governador Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, em que ele defende “união ampla” para enfrentar o autoritarismo de Jair Bolsonaro. Dino também falou sobre o combate à corrupção, bandeira que a esquerda sempre levantou, segundo ele. Mas destaca “nada corrompe mais o Brasil do que a desigualdade, a concentração de renda, poder e conhecimento nas mãos de poucas pessoas”.
Exercendo o segundo mandando como governador do estado com o segundo pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil, Flávio Dino aumentou o investimento estatal em segurança e educação e aumentou o piso salarial dos professores para R$ 5.750 – é mais do que o dobro do valor pago em São Paulo, estado mais rico do Brasil. Na contramão da crise econômica, o Maranhão também teve um crescimento do PIB de 9,7% em 2017 e, no ano passado, de 2,8% – acima da média nacional. Em 2018, Dino foi reeleito no primeiro turno com 59% dos votos válidos – mais ou menos o mesmo índice de aprovação de seu governo naquele ano.
Por causa da rápida ascensão e a capacidade de articular apoio – em 2018 sua coalizão juntou nada menos do que PCdoB, PDT, PRB, PPS, PTB, DEM, PP, PR, PTC, PPL, PROS, AVANTE, PEN, PT, PSB e Solidariedade – há quem especule que Dino estaria de olho na disputa presidencial de 2022. O próprio Lula o aponta como liderança importante na esquerda. Mas ele desconversa: “Estamos muito longe deste momento”, ele me disse.
A entrevista foi concedida ao repórter Rafael Moro Martins na sala de reuniões do Palácio dos Leões, no centro histórico de São Luís, sede do governo estadual. Embora a conversa tenha ocorrido dias antes das primeiras reportagens da série Vaza Jato, o governador e ex-juiz federal criticou duramente a atuação de Sergio Moro que, assim como ele, trocou a magistratura pela política. Dino foi juiz federal no Maranhão por 12 anos e chegou a presidir a Associação dos Juízes Federais do Brasil, a Ajufe, entre 2000 e 2002. Abriu mão da toga para se filiar ao PCdoB, em 2006, mesmo ano em que se elegeu deputado federal.

Obidense Gustavo Hamoy é o novo superintendente regional do Incra em Santarém


Descoberto desde a saída da funcionária Elisângela Gemaque, a superintendente regional do Incra em Santarém, tem nova direção. A indicação foi para Eugenio Gustavo Guerreiro Hamoy, residente em Juruti, que será o novo ocupante do cargo. Ele assume no lugar de Guilherme Feitora(funcionário adjunto), que vinha respondendo pelo cargo.
Segundo informações, Gustavo Hamoy, o obidense e contador é indicação do deputado federal Junior Ferrari(PSD).
Ultimamente, a superintendência regional do Incra tem servido de jogo politico, fato que tem levado a instituição a uma divisão entre os funcionários, que tem lutado para acabar com a farra de indicações.    


Supostas irregularidades da Pró-Saúde no Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém são alvo de auditoria especial

Resultado de imagem para Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém
Supostas irregularidades da Pró-Saúde no Hospital Regional do Baixo Amazonas em Santarém
A Auditoria Geral do Estado (AGE) passou considerar a investigação instaurada sobre supostas irregularidades no Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, como auditoria de caráter especial. 
A AGE concedeu 180 dias para concluir as atividades para que seja emitido um relatório final. Paulo Henrique Heidtmann deve presidir o inquérito com o objetivo de apurar situações de improbidade administrativa que teriam sido praticadas por dirigentes da Pró-Saúde, que administra o HRBA.
A prorrogação foi motivada para que toda a documentação pertinente ao caso seja devidamente analisadas todas as informações que se façam necessárias, inclusive as obtidas por meio de sistemas corporativos e junto aos órgãos e as entidades da administração pública estadual. A investigação iniciou em maio deste ano e a AGE considera não foram esgotadas todas as diligências quanto a obtenção de informações.
Imagem relacionadaApós o prazo, os Servidores apresentarão ao Auditor Geral do Estado um relatório com resultado da investigação preliminar, o qual conterá elementos que possam comprovar a existência de tais irregularidades ou não, para que sejam tomadas as medidas cabíveis, entre elas, a responsabilização administrativa, civil, penal, ato de improbidade administrativa.

Quem vai pagar o cachê de quase meio milhão de reais para show do “Safadão”?

Segundo o apresentador, radialista e blogueiro, os R$ 2.879.340,00 (dois milhões, oitocentos e setenta e nove mil e trezentos e quarenta reais), são “provenientes de emendas dos deputados Fábio Freitas (R$ 800.000,00), Ozório Juvenil (R$ 500.000,00), Chamonzinho (R$ 360.000,00), Renilce Nicodemos (R$ 620,000,00) , Miro Sanova (R$ 100.000,00) e Wanderlan Quaresma (R$ 500.000,00)
A polêmica surgiu após divulgação de matéria do portal Pará Web News, que trouxe em sua machete a chamada: “Helder financia show de Safadão, Léo Magalhães e Bruno e Marrone nas praias de Conceição de Araguaia“.
Somando o cachê de quase meio milhão para o cantor Wesley Safadão, de outros artistas e toda a infraestrutura e serviços para a programação, o Projeto Verão 2019 – Praia das Gaivotas, da prefeitura municipal de Conceição do Araguaia, município do sudeste paraense, o governo do Pará, através da Fundação Cultural do Estado repassou R$ 2.879.340,00 (dois milhões, oitocentos e setenta e nove mil e trezentos e quarenta reais), do orçamento do Estado. A prefeitura entra através de convênio com apenas R$ 115.200,00 (cento e quinze mil e duzentos reais), o que significa uma participação de exatos 3,847%, do valor total do projeto que é R$ 2.994.540,00.
Segundo dados do Ministério da Cidadania, atualizados em 1º de julho deste ano, a população do município de Conceição do Araguaia é de 47.734 pessoas. Destes, 25.349 são considerados de baixa renda e desses cidadãos considerados de baixa renda, cerca de 21 mil são pobres (sim, há diferença entre baixa renda e pobre). E desses pobres, quase 7 mil estão em situação de miséria e penúria total, vulneráveis à fome diariamente. São exatas 6.994 pessoas que certamente não terão o que por à mesa nesta quinta, por serem extremamente pobres.
O que diz o governo?
O governo do Estado emitiu nota de esclarecimento e justificou que os recursos foram repassados por emendas parlamentares, mas não citou os nomes dos parlamentares que as destinaram no orçamento do Estado do Pará.
Emendas Parlamentares ao Orçamento Estadual
O blog do Marcelo Bacana entregou os nomes dos parlamentares que destinaram recursos estaduais para a programação da prefeitura de Conceição do Araguaia, em parceria com o governo do Estado. Segundo o apresentador, radialista e blogueiro, os R$ 2.879.340,00 (dois milhões, oitocentos e setenta e nove mil e trezentos e quarenta reais), são “provenientes de emendas dos deputados Fábio Freitas (R$ 800.000,00), Ozório Juvenil (R$ 500.000,00), Chamonzinho (R$ 360.000,00), Renilce Nicodemos (R$ 620,000,00) , Miro Sanova (R$ 100.000,00) e Wanderlan Quaresma (R$ 500.000,00).
Artistas famosos e caros em município pobre

Bombeiros e moradores resgatam com vida criança dentro de poço na ocupação Vista Alegre do Juá, em Santarém

Equipe do Samu nos primeiros socorros ao menino logo após ser retirado do poço — Foto: Jaderson Moreira/TV Tapajós
Acidente aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (17). Operação de resgate durou cerca de 25 minutos. Foto: Jaderson Moreira/TV Tapajós
Homens do do 4º Grupamento der Bombeiros Militar (4º GBM) de Santarém, oeste do Pará, conseguiram resgatar por volta das 15h50 desta quarta-feira (17), um menino de 5 anos de idade, que havia caído dentro de um poço em construção na ocupação Vista Alegre do Juá.
O acidente aconteceu depois das 15h, quando Sandro Walber brincava às proximidades do poço e ao pular a cerca, acabou caindo no buraco que estava aberto. Moradores das proximidades e familiares acreditam que a criança estava correndo atrás de uma pipa.
O menino, de apenas 5 anos de idade, estava brincando às proximidades de onde um poço estava sendo cavado. A terra que estava ao redor começou a cair para dentro do buraco, em cima da criança, o que causou pânico nos moradores que logo acionaram o Niop.
Equipes de duas viaturas dos bombeiros foram enviadas para a atuação do resgate, uma vez que a ação precisava ser rápida. A operação de resgate durou cerca de 25 minutos.
O menino foi levado para o Pronto Socorro Municipal de Santarém.
Quadro clínico
Sandro Walber está no setor de estabilização pediátrica. Recebeu atendimento médico e aguarda para realizar vários exames de imagens. “A criança ficará em observação por 24 horas no setor semi intensivo. O quadro do paciente é estável até o momento”, informou o HMS.
Blog do Xarope via jornalista Sílvia Vieira.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Três municípios do oeste do Pará receberão atendimento itinerante do Detran no fim de semana

Resultado de imagem para Três municípios do oeste do Pará receberão atendimento itinerante do Detran no fim de semanaSerão ofertados serviços para 1ª habilitação, renovação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e mudança de categoria, além dos exames médico e psicotécnico.
Os municípios de Monte Alegre, Alenquer e Óbidos, no oeste do Pará, receberão nos dias 19, 20 e 21, o atendimento itinerante do Departamento de Trânsito (Detran/PA), com serviços de habilitação, realização de exames e impressão de boletos.

ÁUDIOS SOBRE PROPINA - Corregedoria nacional do CNJ também entra no caso e investiga juízes do Pará

Gilberto Valente: 'medidas foram tomadas"
Em manifestação agora a pouco, durante a abertura da sessão desta quarta-feira do Tribunal Pleno - colegiado que reúne os 30 desembargadores do Tribunal de Justiça do Pará -, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público, Gilberto Valente Martins, anunciou que o corregedor nacional de Justiça ( leia-se CNJ), Humberto Martins, já foi informado sobre os áudios gravados pelo ex-prefeito de Santa Luzia do Pará, Adamor Aires. 
Segundo a comunicação de Gilberto Valente aos desembargadores, nos próximos dias devem chegar ao Pará algumas medidas da corregedoria nacional do CNJ para ser distribuídas aos desembargadores paraenses com atuação na área criminal.
Valente também comunicou que o MP estadual já abriu investigação para apurar o caso e está tomando outras providências. "Eu já soube também que a Corregedoria do Tribunal de Justiça da Capital abriu sindicância", resumiu o procurador-geral de Justiça.
Desembargadora Célia Regina
" No âmbito da sua competência, o Tribunal de Justiça também está diligenciando e tomando suas providências. A presidência do Tribunal foi comunicada pela corregedora (Nazaré Saavedra) sobre a instauração da sindicância. O Tribunal está, sim, fazendo aquilo que lhe compete fazer", respondeu a desembargadora Célia Regina Pinheiro, que presidia a sessão do Pleno, dirigindo-se a Gilberto Valente.

Adalberto Anequino emite nota, e diz que autor do Fake News é o prefeito de Terra Santa Doca Albuquerque

Resultado de imagem para adalberto anequino
Ex-prefeito Adalberto acusa o prefeito Doca de está prantado mentiras contra sua pessoa 
O ex-prefeito de Terra Santa, Adalberto Anequino enviou a redação do Blog do Xarope uma nota, dando explicação para esclarecer as informações que saiu contra sua pessoa, e que teria como objetivo lhe prejudicar politicamente. Na redação ele afirma que o autor do Fake News Doca Albuquerque(PSD), de Terra Santa, seu principal adversário politico nas eleições de 2020.
Veja na integra a nota... 
Mais uma tentativa desesperada do prefeito cassado Doca Albuquerque(PSD), de Terra Santa. É que por meio de um blog sem credibilidade e na tentativa de manchar minha imagem para as eleições de 2020, vem propagando que eu estaria inelegível, já que pesaria contra mim a não aprovação das contas de um convênio firmado com o Estado do Pará, referente à época em que fui Prefeito.
Esse blog, a mando do atual prefeito de Terra Santa, em nenhum momento me deu o direito de esclarecer as informações e saiu espalhando Fake News com o único intuito de espalhar mentiras na cidade.
Para esclarecer ao povo de Terra Santa, a pessoa só fica inelegível quando tem suas contas julgadas irregulares, por vício insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa e, consequentemente,  dano aos cofres públicos (Art. 1º, I, “g”, da LC n. 64/90).
Certamente não é esse o meu caso, já que ao longo de minha vida pública, sempre fui honrado em ter minhas contas julgadas e aprovadas pelos órgãos de controle, em especial pelo TCE/PA, já que sempre pautei meus atos em estrita conformidade com a Lei e com os princípios de ética e moral herdados da minha família.
A informação correta, amigos de Terra Santa, é que em um dos processos de prestação de contas, o TCE/PA constatou a ocorrência de uma falha meramente formal, ou seja, sem relevância jurídica alguma, atestando categoricamente que não houve dano ao erário, desvio ou má-aplicação de recursos públicos. A decisão é clara: 100% do convênio foi executado.
Em suma, em tempos de má utilização das mídias sociais e de fake news, compete a mim, na condição de cidadão, a serviço do público, esclarecer a verdade dos fatos e agradecer o carinho do povo de Terra Santa, reforçando a minha missão de levar à população sempre a verdade. 
Resultado de imagem para doca prefeito de Terra Santa
Doca seria o autor das informações Fake News

Notícias sobre prisão de deputado e secretário de saúde em Salinas são falsas

Notícias sobre prisão de deputado e secretário de saúde em Salinas são falsas - Não é real a notícia publicada por um blogueiro paraense afirmando que o deputado estadual Fábio Freitas-PRB e o secretário municipal de Saúde de Belém, Sérgio Amorim Figueiredo, teriam sido flagrados e presos em uma blitz na cidade de Salinópolis, nordeste do Pará, após terem supostamente consumido bebida alcoólica. A situação teria ocorrido no último final de semana, segundo a fake news publicada no blog.
Pouco tempo depois de espalhar a notícia falsa - que rapidamente viralizou nas redes sociais -, o próprio blogueiro desmentiu o ocorrido, em uma tentativa de se retratar com o secretário e o parlamentar citados na publicação feita por ele.
Confira a nota da Secretaria Municipal de Saúde de Belém sobre o caso:
A Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) informa que a notícia que circula nas redes sociais sobre a autuação do secretário de saúde, Sérgio de Amorim, neste último fim de semana, durante a Operação Lei Seca, é totalmente falsa. O secretário sequer foi a Salinas no último fim de semana. 
Confira a nota do deputado estadual Fábio Freitas, sobre o ocorrido.
Olá amigos Paraenses.
Está circulando um Fake News dizendo que a minha pessoa esteve em Salinas, e foi parado por uma Blitz, e que eu estava embriagado.
Somente para saberem que:
1 NEM FUI PARA SALINAS
2 NEM BEBO BEBIDA ALCOÓLICA
Lembrando senhoras e senhoras que como Presidente da Comissão de Prevenção as Drogas, aonde já fiz a Palestra para mais de 100 mil pessoas por todo o Pará, luto contra as Drogas lícitas e ilícitas.
Finalizo dizendo que eu estarei tomando as devidas providências para quem estiver espalhando notícias falsas por aí.
Agradecido pela compreensão.
Obs: por favor, coloque nos comentários quem foi a pessoa que foi pega na blitz? Me ajudem a desmentir esse dano a minha pessoa.

Após morte de Alinne Araújo, críticas em redes sociais são apagadas

Após morte de Alinne Araújo, críticas nas redes sociais da influenciadora foram apagadas. Ela foi abandonada pelo noivo um dia antes do casamento e com toda a festa preparada, ela resolver casar consigo mesma. O evento foi o estopim para internautas julgarem Alinne Araújo, dizendo que foi uma estratégia de marketing para ela se tornar conhecida.
Influenciadora Alinne Araújo recebe críticas em redes sociais
Depois que a jovem, de 24 anos, morreu nesta segunda-feira (15), as inúmeras críticas foram apagadas da página da blogueira nas redes sociais. Alinne sofria de depressão e ficou conhecida por compartilhar sua história no Instagram.
De acordo com familiares, a estudante teria pulado do nono andar de um prédio no Rio de Janeiro. Para o Jornal O Dia, a tia da jovem afirmou que no momento da morte, a mãe e uma empregada estavam em casa. “A empregada até tentou puxar ela de volta para salvá-la, mas não conseguiu.
“Um dos piores momentos da minha vida”
Antes da morte, a blogueira postou uma sequência de vídeos falando sobre as críticas. 

Polícia prende 57 pessoas em operação de combate a roubos, furtos e latrocínios no Pará

A Polícia Civil do Pará realiza, desde as 5 horas da manhã desta quarta-feira, 17, a Operação Matapi, em todo Estado. A ação é coordenada pelo delegado-geral Alberto Teixeira; pelo delegado Marco Antonio Duarte, diretor da Polícia Metropolitana, e pelo delegado Almir Alves, assistente da DPM. Até o momento, a ação policial já resultou em 57 mandados de prisão cumpridos. Por volta de 11 horas, será divulgada, por meio de entrevista coletiva, na Delegacia-Geral, um balanço parcial da operação.
A previsão de encerramento da operação é por volta de 17 horas, quando será divulgado o balanço final. Ao todo, 471 policiais civis, entre delegados, escrivães e investigadores, com apoio de 130 viaturas, estão em atuação na operação na capital, região metropolitana e interior do Estado, atingindo mais de 70 municípios.
A operação tem como objetivo combater os crimes contra o patrimônio (roubos, furtos e latrocínio), por meio do cumprimento de mandados de prisão, além de efetuar prisões em situação flagrancial.
No total, foram expedidos mais de 100 mandados judiciais. 
Os presos serão conduzidos para as sedes das Delegacias e Seccionais na capital, RMB e interior. O nome da operação é uma referência a um tipo de armadilha feita à base de tala de miriti usada na pesca do camarão no Pará.

Corregedoria do TJ do Pará investiga 2 juízes citados em gravações sobre propina. Um deles pede aposentadoria

juiz belem
Raimundo Moisés Flexa, titular da 2ª Vara do Tribunal do Juri (Foto:Reprodução)
Os juízes Raimundo Moisés Flexa e Marco Antonio Castelo Branco, do Tribunal de Justiça do Pará, terão suas condutas investigadas por sindicância aberta hoje por determinação da corregedora da capital, Maria de Nazaré Saavedra Guimarães. O Ver-o-Fato apurou que tão logo soube da sindicância contra ele, Raimundo Flexa, que hoje atua no Júri Popular, ingressou no TJ com seu pedido de aposentadoria. 
Não está descartada a possibilidade de na manhã desta quarta-feira, 17, durante reunião do Tribunal Pleno, seja pedido o afastamento imediato de três juízes de suas funções até que tudo seja esclarecido na sindicância aberta por Saavedra e, possivelmente, também pela Corregedoria do Interior. 
Isto, porém, dependerá de a própria desembargadora Saavedra fazer a solicitação de ofício, por ocasião da reunião do Conselho da Magistratura, que tradicionalmente ocorre após a sessão do Pleno.
A sindicância determinada por Saavedra foi motivada pela divulgação de um áudio nas redes sociais no qual aparece a voz de Adamor Aires, que em 2014 era prefeito de Santa Luzia do Pará, afirmando ter pago propina a Raimundo Flexa e Castelo Branco e recebido proposta de propina do juiz de Ourém para que voltasse à prefeitura, da qual havia sido afastado à época pelo crime de compra de votos. 
No caso do juiz de Ourém, a competência para abertura de sindicância é da corregedora do Interior, Diraci Alves. Ela ainda não decidiu se irá fazer isso.
O Ver-o-Fato teve acesso à gravação, que foi editada, mas possui conteúdo grave para a reputação dos juízes citados. A conversa teria sido gravada dentro do carro do prefeito e nela, em trechos, ele diz ter pago R$ 60 mil a Castelo Branco, então com atuação no TRE, para que o magistrado o fizesse retornar ao cargo.
Antes disso, em outra conversa, Aires relata ter procurado o juiz de Ourém, Omar José Miranda Cherpinsk, mas diz na gravação que este teria se mantido inicialmente firme na decisão de afastá-lo do cargo. Depois, relata mais adiante que o mesmo juiz teria mandado o chefe do cartório da comarca pedir R$ 150 mil para "morrer" a ação. 
Nesse trecho, ele cita o nome do advogado Sábato Rosseti como envolvido numa "armação" para prejudicá-lo. Em outro trecho citado na gravação editada, Flexa diz a Castelo Branco que já havia fechado com Aires o valor de R$ 60 mil e que este já havia lhe passado R$ 15 mil para garantir de vez o tal acordo, que seria a suposta venda da sentença.
Adamor Aires chega a dizer que vendeu uma das salas que possui num dos prédios mais caros de Belém, o edifício Metropolitan, e recebe a promessa de que tudo será resolvido. 
Ele se refere a uma liminar em ação cautelar que seria julgada por Castelo Branco. Essa liminar, diz Flexa, não seria concedida, e isso só iria ocorrer no julgamento do mérito. De fato, o que acabou acontecendo. 
Outros áudios seriam publicados nas redes sociais, mas até agora isso não ocorreu. Na verdade, o único áudio divulgado até o momento precisa ser submetido a uma pericia para comprovação de autenticidade, identificação das vozes e saber se houve manipulação, com edição, cortes de trechos e acréscimo de outros.
Tudo levar a crer que Adamor Aires, cuja fama de gravar conversas corre pela cidade de Santa Luzia do Pará, meteu-se numa enorme enrascada, podendo até ser preso, como ocorreu com o ex-deputado Antonio Armando, depois condenado judicialmente por ter gravado conversas de suposta corrupção de juízes do TRE. 
Ele não provou o que disse, alegou ter sido vítima de armação, e pagou sozinho pela língua ferina. O ex-prefeito de Marabá, João Salame, arrolado juntamente com Antonio Armando, viu também sua carreira política desmoronar.
Depoimento no MP
O Ministério Público Federal (MPF), por meio da procuradora eleitoral Nayana Fadul, abriu investigação para apurar as gravações divulgadas esta semana nas redes sociais. Um dos primeiros a aparecer no MPF, pedindo para depor, foi o advogado Sábato Rosseti. 
Ocorre que Nayana entende que como os áudios falam em suposta corrupção de juízes, a competência para levar a investigação adiante não é dela, mas do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). 
Sábato Rossetti esteve na manhã de hoje no MP, onde prestou depoimento ao procurador-geral de Justiça, Gilberto Valente Martins. O advogado, segundo ele, mostrou-se indignado com toda essa conduta criminosa do ex-prefeito de Santa Luzia. 
Rosseti confirmou ao Ver-o-Fato que tomou a iniciativa de apresentar representação ao MP esclarecendo que sua atuação no caso "foi como advogado, ingressando na ação um ano e meio após ter sido ajuizada, a partir da audiência de instrução, quando já havia pericia e demais provas contra o ex-prefeito de Santa Luzia". Foi categórico em "desmontar a farsa da gravação", colocando-se à disposição das autoridades para apurar os fatos.
Raimundo Moisés Flexa, titular da 2ª Vara do Tribunal do Juri e Diretor do Fórum Criminal da Comarca de Belém (Foto:Reprodução)
Raimundo Moisés Flexa, titular da 2ª Vara do Tribunal do Juri e Diretor do Fórum Criminal da Comarca de Belém (Foto:Reprodução)

Setrans garante que frota de transporte público continuará circulando normalmente em Santarém

Ônibus em SantarémVendas de passes também serão mantidas para os usuários do serviço.
O Sindicato das Empresas de Transporte (Setrans) de Santarém, oeste do Pará, garantiu o funcionamento do transporte público em Santarém, oeste do Pará, nesta quarta-feira (17), diante do não cumprimento do contrato de concessão por parte da empresa Resende Batista Ltda.
O Setrans firmou compromisso com o Ministério Público para continuar com o serviço de transporte em Santarém, e a Prefeitura notificou o sindicato nesta terça-feira (16) para que não deixe a população desassistida.

terça-feira, 16 de julho de 2019

Prefeito anuncia que vai advertir Resende Batista por não cumprimento de contrato

O prefeito Nélio Aguiar anunciou que o contrato de concessão do transporte público firmado pelo município com a empresa Resende Batista Ltda continua valendo, apesar da empresa não ter cumprido as cláusulas dentro do prazo. Nélio não descartou a rescisão do contrato.
Segundo Nélio, a será advertida como prevê a legislação, e a empresa também será punida com a aplicação de multa prevista no contrato, que é de 2% ao dia. O valor total do contrato é de R$ 1 bilhão e 50 milhões. A empresa ainda tem 30 dias para executar o contrato na totalidade.
Em visita técnica à empresa na manhã desta terça-feira, nenhum veículo foi encontrado. O que mostra que a empresa não começará a operar na data prevista.
A Resende Batista Ltda deveria ter apresentado no dia 10 de julho, os 100 ônibus previstos no contrato para a vistoria por parte da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), para que a empresa assumisse o sistema de transporte público em Santarém a partir do dia 17. Porém, até está terça-feira, nenhum veículo foi apresentado pela Resende Batista.
Congelamento de tarifa

Nélio anunciou também que as tarifas permanecerão congeladas nos valores atuais até a solução do imbróglio. Ventilou a possibilidade de criar um sistema municipal de transporte.

Minervina chama de “probleminha judicial” decisão que cancelou shows na praia do município


Recentemente foi cancelado pela Justiça o evento que teria show da cantora Joelma, nesta sexta-feira (12), na praia do Pedral, área de preservação ambiental permanente em São Félix do Xingu, sudeste do Pará.
Comprovante de transferência do pagamento para o show da cantora Joelma

O cancelamento foi solicitado pelo promotor Carlos Fernando da Silva, do Ministério Público do Pará (MPPA).

Morre em Brasilia, Chico Lins, ex-jogador do São Francisco, América e Barbosão

Resultado de imagem para Chico Lins, jogador de santarem
Na foto, Chico Lins quando atuou pelo time do América na década de 70 
Será sepultado nesta terça-feira Brasília o ex- jogador do São Francisco nas décadas de 70 e 80 Chico Lins. 
Ele fazia tratamento de saúde na capital federal e não resistiu. Chico era primo do ex-jogador do São Francisco, Aleixo Lins, e cunhado do também ex-Leão Azul, Edu Jennings. Chico Lins fez parte do time do São Francisco que tinha, Edmar, Guajará, Darinta, Maromba, Cuca, Afonso Cupu, Jeremias e outros craques.
Também foi campeão por vários anos do peladão  santareno jogando pelo time do Barbosão, ao lado de craques como Cupu, Birimba, Botica, Mariano, Isaac, Chicão, Valeco, Alex, Vivi, Paulo e outros craques do passado.

Desembargadores negam liberdade provisória para pistoleiro


Réu é acusado de executar trabalhador rural em São Félix do Xingu
Os desembargadores da Seção de Direito Penal negaram liberdade provisória, na sessão de segunda-feira, 15, para Romério Roberto de Araújo, acusado do homicídio do trabalhador rural Osvaldo Rodrigues Costa, em 6 de junho de 2016, no Acampamento “Novo Oeste”, área do complexo de fazendas conhecidos como “Divino Pai Eterno”, zona rural de São Félix do Xingu/PA. Na mesma ocasião, ele ainda tentou matar mais cinco pessoas. 
O pistoleiro foi reconhecido por testemunhas.
A defesa alegou excesso de prazo para a conclusão do processo, sustentando ainda falta de fundamentação para manter o réu preso preventivamente. Mas tais argumentos foram rejeitados pela relatora do habeas corpus, desembargadora Rosi Maria Gomes de Farias. A magistrada destacou que o próprio réu contribuiu para a demora na conclusão da instrução, destacando ainda que todos os argumentos trazidos pela defesa já tinham sido rejeitados em julgamento anterior. Além disso, afirmou que o processo encontra-se com andamento regular. O voto foi acompanhado à unanimidade. 
Em outro julgamento, os desembargadores acolheram pedido da defesa de Nilton Progênio Farias para conceder medida cautelar diferente de prisão preventiva. O pescador da Comarca de Rio Maria foi acusado de abusar sexualmente das suas duas filhas, na época com 13 e 16 anos. No entanto, ambas inocentaram o pai por meio de uma declaração em cartório e depois em juízo. 
A relatora do habeas corpus, Rosi Maria Gomes de Farias, acolheu os argumentos da defesa para que seja imposta ao réu outra medida cautelar que não seja a prisão preventiva até que o processo seja concluído. O voto foi acompanhado à unanimidade. 
Já o desembargador Rômulo Ferreira Nunes negou habeas corpus para declaração de nulidade processual para a defesa de Odilon Rocha de Sanção, ex-vereador de Parauapebas. O réu é acusado de fraude, junto com outros integrantes da Mesa Diretora Câmara Municipal de Vereadores de Parauapebas, em contratos de fornecimento de gêneros alimentícios ao órgão e por contratação sem licitação de um lava jato, cuja proprietária é a própria filha do réu. 
A defesa alegou cerceamento de defesa porque um dos acusados do mesmo esquema teria negociado uma delação premiada sem que o réu tivesse acesso às informações o que infringiria o princípio do contraditório e estaria lhe causando constrangimento ilegal. O relator, no entanto, não acolheu tal argumento, ressaltando que a defesa sequer anexou peça que comprovasse que houve delação, impossibilitando sua apreciação. O relator rejeitou a nulidade processual, sendo acompanhado à unanimidade.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Pontes são queimada no município de Placas, em protesto contra constantes fiscalizações do Ibama na região

Ação constante do Ibama revoltou os trabalhadores do setor madeiro que fizeram interdição da BR-230.
Funcionários de uma serraria e alguns moradores de Placas, no oeste do Pará, queimaram pontes da BR-230, nesta segunda-feira (15), em protesto contra fiscalizações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
As pontes ligam o município de Placas a Rurópolis e Uruará. A ponto que dá acesso ao município de Rurópolis foi a mais danificada e a passagem de veículos precisou ser bloqueada por medida de segurança.
Os manifestantes também atearam fogo em pneus e paus na cabeceira das duas pontes de madeira. Uma fila de carros se formou na estrada enquanto o protesto acontecia.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a situação está sendo monitorada, mas o clima é tenso no local. Há desvio pela PA-370, em direção à cidade de Uruará.
O Departamento Nacional Infraestrutura de Transporte (Dnit) já foi acionado pela PRF, e informou que iniciará levantamento nesta terça-feira (16), para recuperação das pontes. A PRF monitora a situação com apoio da PM, mas deve deslocar equipe para Placas.