terça-feira, 16 de abril de 2013

SOUZEL: Agricultores pedem socorro contra abandono praticado pelo prefeito Fernando Uchôa


"A cidade está um caos. População reclama da falta de estrada e vicinais, remédio nos portos de saúde e merenda escolar para alunos". 

 População do Município de SOUZEL sofre com desmandos praticado por Fernando Uchôa, região do Xingu
Por vários dias, centenas de agricultores  do município de Senador José Porfírio (SOUZEL), região do Xingu estão revoltado com o novo prefeito da cidade conhecido por Fernando Uchôa.
Eles querem   condições de vida para os milhares  de agricultores    como  condições para estrada e vicinais, que se encontram em total estado de abandono, escolas e transporte escolar. Assim como melhor atendimento na saúde, já que está faltando até ANADOR. 
Eles também cobram merenda escolar de qualidade aos alunos da sede e da zona rural do município.
A grande maioria das pessoas foi para Senador José Porfírio e ficaram no salão paroquial da cidade, porém nesta terça-feira pela manhã resolveram ocupar o saguão de entrada da prefeitura que fica na Rua Marechal Assunção no centro da cidade.
O prefeito do município, Fernando Uchôa ainda não deu respostas satisfatórias aos agricultores, por esse motivo eles continuam na cidade, já foram feitas na semana passada, manifestação durante sessão na Câmara de vereadores da cidade, representantes dos agricultores foram ouvidos pelos parlamentares, que devem elaborar projetos de lei e emendas que possam auxiliar os agricultores.
Período chuvoso agrava o problema de trafegabilidade na região do Trans-União e Novo União, além da PA RESSACA e PAVÃO DOURADO, comunidades da Trans-Assurini que pertencem ao município de Senador José Porfírio.
Vereadores que fazem oposição ao prefeito já encaminharam pedido de providências junto ao Ministério Público.
Uma matéria sobre possíveis irregularidades no governo de Uchôa vem sendo investigado pelo Blog do Xarope, entre quais desvios de verba do FUNDEB e Licitações fraudulentas  Em breve a matéria completa.

2 comentários:

  1. Amigo primeiro vc tem que aprender a Língua Portuguesa para poder fazer reportagens e segundo cuidado com processos. Trans-união é escrito Transunião, outro não sei se em portos são atendidos pessoas, redundante merenda escolar para aulos, você não sabe nem que remédios são distribuídos kkk anador hem!

    ResponderExcluir
  2. porra nem uma.
    o autor desta postagem esta correto em relação as informaçoes
    só pode seu uma professorinha defendendo o prefeito. puxa saco!!!

    ResponderExcluir

Participe do Blog do Xarope e deixe seus comentários, críticas e sugestões.