Seguidores do DO XAROPE

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Investigador da Polícia Civil morre em troca de tiros em Manaus, ele era de Santarém

O santareno Edson Cota foi socorrido e levado para o Pronto Socorro 28 de Agosto, onde faleceu

Investigador CotaO investigador da Polícia Civil do Amazonas, Edson Cota Willot, natural de Santarém, morreu por volta de 13h20, da tarde desta segunda-feira, 21, após ser atingido por um tiro durante uma perseguição a assaltantes, no final da manhã de hoje, em Manaus. Edson Cota era considerado pelos colegas de trabalho como investigador de linha de frente da Polícia Civil de Manaus.
A notícia da morte do investigador Edson Cota Willot causou comoção entre seus colegas de profissão. Após passar por exames periciais no Instituto Médico Legal (IML) do Amazonas, o corpo de Edson deve ser transladado para Santarém, onde moram seus familiares.
Policiais civis de Santarém receberam a notícia com grande dor, pois Edson era benquisto entre os colegas e sempre que vinha a Santarém visitar seus familiares, também visitava seus colegas de profissão.
O FATO O investigador Cota, lotado na Delegacia de Roubos e Furtos, situada no bairro da Alvorada, Centro-Oeste de Manaus, morreu na sala de cirurgia do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, em conseqüência de um tiro que levou no peito durante tiroteio com bandidos no fim da manhã desta segunda-feira. O Crime aconteceu na Rua Riacho Doce, comunidade Parque Riachuelo, na zona Norte de Manaus.
“Ele era um policial linha de frente, cumpridor de seus deveres”, disse o presidente do Sindicato dos Funcionários da Polícia Civil do Amazonas (Sinpol-AM), Moacir Maia. “É um dia muito triste para toda a Polícia Civil”, completou.
TIROTEIO – Segundo o titular da DERFD, Orlando Amaral, o policial investigava uma quadrilha que praticava crimes em portas de banco. Na ação policial, o grupo de criminosos deu início ao tiroteio.
A Polícia Civil informou que um dos assaltantes também ficou ferido e outros integrantes da quadrilha foram presos. Ainda não há informações sobre o nome dos suspeitos envolvidos.
Com informações do RG 15/O Impacto.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do Blog do Xarope e deixe seus comentários, críticas e sugestões.