SEGUIDORES DO XAROPE

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

DO ANONIMATO A GLÓRIA POR EXCELÊNCIA – SÃO RAIMUNDO NOSSO IDEAL – 73 ANOS

Feito de conquistas históricas registradas na sua cidade, no seu estado e no seu país?
O Pantera denominado pela bravura de suas lutas de conquistas como fera indomável aos seus adversários, porque sempre usa a garra, vontade, técnica e humildade. Desde o primeiro jogo até o seu primeiro título brasileiro, demonstrou tais adjetivos como segredo de conquistas. Foi de pés até a localidade de São Braz para jogar, vencer e fazer a sua história de tradição, 3x1. Usou a humildade de ir a pés, a vontade de encarar a distância, a garra e técnica para vencer o seu primeiro jogo. Quando o São Raimundo fechou com seu belo futebol, o direito de disputar o título Brasileiro com uma equipe do Rio de Janeiro, poucos brasileiros que acompanhavam acreditavam, mas a sua torcida e a torcida sanatrena e a de todo o Oeste do Pará, sabiam que havia essa possibilidade. Sou ainda, uma testemunha deste fato. Quando recebi uma ligação direta do Rio de Janeiro, as 23h30min, do então, diretor de esporte da Sportv, filiada da Globo, me falando que tinham informado meu telefone, pois para a decisão que eles fariam uma matéria especial. Tudo sabiam do Macaé, mas do São Raimundo o mínimo possível. Sentir-me privilegiado, não por mim, mas de poder mostrar o verdadeiro São Raimundo que poucos conheciam. Sua tradição, sua história e suas conquistas, além dos seus atletas maravilhosos. Quando aqui esteve comigo, seu 1º espanto foi quando mencionei, que Manoel Maria, que jogou com o rei Pelé no Santos e foi um dos convocados entre a lista dos quarenta, em 1970, onde foram campeão mundial, foi daqui do São Raimundo. O 2º espanto foi quando falei que o Pantera tinha vencido a Seleção Brasileira Olímpica por 3x2. Ele me disse que nos arquivos da CBF, não tem nada sobre isso, então, mostrei a ele, os documentos, fotos que comprovaram. Além dos muitos títulos no campeonato santareno, o Pantera foi Campeão em Belém do Pará do longo Torneio denominado Intermunicipal em 1978, representado a nossa cidade. E Numa façanha sem igual determinada por tantos trabalhos sérios e comprometimentos, tantos de jogadores, como diretores e principalmente torcedores, foi levantado o 1º Título Brasileiro da Série D, com o troféu em mãos de um clube mais amado de todo o Oeste do Pará, com a vitória de 2x1 sobre o Macaé (RJ). Não poderia deixar de falar do 1º presidente do clube responsável pela 1ª partida, que só deixou de ser alvinegro quando morreu. Mencionar também Dr. Everaldo Martins, por ser o responsável do crescimento gigante deste clube com o seu trabalho e amor dedicado enquanto vivo. Os demais estão sempre de parabéns por continuar na frente do clube de maior tradição na cidade e em todo o Oeste do Pará. Novos diretores, que Deus os abençoe pelo esforço e dedicação de manter o clube sempre com dignidade. Aos torcedores como eu, não importa com quem e nem pra que, o estádio é nosso local para te chamar de nosso ideal, São Raimundo Velho de Guerra. Parabéns pelos 73 anos de alegria de ser teu torcedor.
Por Raimundo Gonçalves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do Blog do Xarope e deixe seus comentários, críticas e sugestões.